Tucumã dá exemplo no combate ao coronavírus

Com ações rápidas e eficientes, município do sudeste paraense controlou de maneira eficiente a doença
Raphael Souza foi secretário municipal de Saúde de Tucumã entre abril de 2016 e junho de 2020 (Foto: Reprodução/ Facebook)

A pandemia do novo coronavírus tem se mostrado um desafio ainda maior para os municípios do interior, onde, historicamente, a saúde é mais fragilizada. Em Tucumã, pequena cidade do sudeste do Pará, a secretaria municipal de Saúde agiu rapidamente e, por meio de diversas ações, conseguiu controlar a nova doença de maneira satisfatória. Os números de Tucumã mostram essa realidade: desde o início da pandemia, apenas 13 óbitos foram registrados no município de cerca de 40 mil habitantes.

Raphael Antônio de Lima e Souza, de 39 anos, foi secretário municipal de Saúde de Tucumã entre abril de 2016 e junho de 2020. Saiu para lançar sua pré-candidatura à prefeitura. Para ele, que esteve à frente da secretaria durante o período mais crítico da pandemia, o sucesso de Tucumã no combate ao novo coronavírus se deve a dois movimentos fundamentais: o Kit Covid, distribuído pelo município à população e a implantação de um centro específico de combaté à doença, instalado na Escola Estadual Thiago Gonçalves de Souza.


Segundo Raphael, o kit começou a ser distribuído para a população desde o momento em que o paciente era considerado suspeito pelo médico. “Esse kit só foi distribuído para quem teve a prescrição médica e mediante a realização de exame de eletrocardiograma. Nunca sem essas duas condições”, explicou.
Paralelamente a isso, a implantação do centro de referência também foi fundamental para atender à população. “Vimos, com isso, que o resultado do trabalho ajudou a salvar vidas”, pontuou.

Segundo o último boletim epidemiológico do município, Tucumã conta, hoje, com 1.283 casos confirmados de Covid-19, 628 recuperados e 13 óbitos.
Fonte:  Belem.com.br

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar
%d blogueiros gostam disto: