União Europeia confirma envio de armas para Ucrânia

Além das armas, a UE decidiu fechar todo o espaço aéreo para a Rússia
Foto: Reprodução/Instagram @ursulavonderleyen

Neste domingo, 27, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e Josep Borrel, chefe da diplomacia da União Europeia (UE), informaram que o bloco irá enviar armas para a Ucrânia se defender do ataque russo.

“Pela primeira vez, a UE financiará a compra e entrega de armas e equipamentos a um país sob ataque”, afirmou Von der Leyen. Ainda hoje, a Alemanha se pronunciou e informou que também cederá armamento para a Ucrânia

“É nosso dever fazer o possível para apoiar a Ucrânia em sua defesa contra o exército invasor de Putin. Por isso, estamos entregando mil armas antitanque e 500 mísseis Stinger para nossos amigos na Ucrânia”, informou o chanceler alemão Olaf Scholz, pela sua conta no Twitter.

Mais cedo, a União Europeia informou que baniu todos os voos e impôs novas sanções a Belarus (Bielorrússia).

“Primeiro, estamos fechando o espaço aéreo da UE para aeronaves de propriedade russa, registradas na Rússia ou controladas pelo país. Elas não poderão pousar, decolar ou sobrevoar o território da União Europeia”, disse. “Incluindo os jatos particulares dos oligarcas”.


Sendo assim, o espaço aéreo da União Europeia está completamente fechado para a Rússia.

Com informações da CNN

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar