Verão paraense: temperatura sobe e aquece o turismo no território estadual

Foto: Marcelo Seabra/Agência Pará

Com a proximidade das férias escolares e a predominância do período menos chuvoso no Estado, as 12 Regiões de Integração devem receber um aumento de visitantes. O Governo do Pará investe no fortalecimento do turismo com qualificação de mão-de-obra e de infraestrutura para o receptivo, como o novo voo para Salinópolis, que inicia a operação no próximo 30 de junho.

O Relatório de Tendências do Turismo para 2022, elaborado pelo Ministério do Turismo, aponta para o aumento da busca por atividades turísticas a céu aberto, em contato com a natureza, explorando conexões autênticas com culturas locais.

A partir da análise de 15 fontes de consulta, são indicados dois destinos paraenses (Santarém, Destino Anfitrião desta edição da FITA, e Belém) entre os 25 destinos brasileiros que mais se destacaram nas listas de tendências para 2022, tanto no mercado nacional quanto no internacional.

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur) tem desenvolvido estratégias para inserir o Pará entre os principais destinos, como por exemplo, a parceria com influenciadores digitais de dentro e fora do estado, além da participação em feiras e eventos.

Em maio, Belém recebeu a 10ª Feira Internacional de Turismo na Amazônia (FITA). A feira reuniu mais de 50 expositores de destinos do Pará e da Amazônia brasileira, bem como rede hoteleira e agentes de viagens, além de programação técnica com workshops, painéis de debates, cursos de capacitação, palestras-show com convidados reconhecidos nacionalmente e atrações culturais. Santarém foi o município escolhido como destino anfitrião deste ano.

“Na FITA participaram todos os estados da Amazônia Legal, vieram operadores do Brasil para comprar produtos paraenses. Muitos negócios foram gerados, empresários conhecendo os destinos, além de uma grande programação técnica que atualizou e debateu temas importantes na região. O evento contou com um público de mais de 16 mil pessoas”, comentou o secretário de Turismo André Dias.

A Setur também tem investido em qualificação de mão-de-obra tanto para condutor ambiental de trilhas e caminhadas, além de cursos de camareiro, garçom, manipulação de alimentos entre outros, por todo o Pará. “Também trabalhamos em infraestrutura turística, construindo o centro de convenções de Santarém. A reforma da orla do Atalaia e avenida Beira Mar, atração de novos voos em parceria com as companhias aéreas, aumentando a malha aérea do estado, com destaque para o novo voo para Salinópolis”, destaca o secretário de Turismo, André Dias.


O Governo também transformou a malha hidroviária paraense com investimentos que superam R$ 192 milhões. Já foram entregues 13 terminais desde 2019, como explica o presidente da Companhia de Portos e Hidrovias do Estado do Pará (CPH), Abraão Benassuly.

“Os 13 terminais hidroviários entregues até o momento pelo Governo do Estado, além de integrarem as regiões e oferecerem mais conforto e segurança para os usuários, também cumprem um importante papel para potencializar o turismo nessas regiões. Os portos são as portas de entradas das cidades  dos usuários que dependem dos rios para se deslocar”, afirma o presidente.

Fonte: Agência Pará
Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar