sexta-feira, 19 de julho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Vice-prefeito de Ourilândia e vereadores se reúnem com secretário da Casa Civil, em Belém

Vice-prefeito, Cleber do Lau; vereadores Walto Santos e Marcelo do Povão, ao lado de Parsifal Pontes, sec. da Casa Civil. (Foto/Divulgação)

O vice-prefeito de Ourilândia do Norte, Cleber do Lau (MDB), acompanhado dos vereadores Walto Santos (MDB) e Marcelo do Povão (PSC), participou de reunião com o secretário da Casa Civil do Estado do Pará, Parsifal Pontes, nesta quinta-feira, 10, em Belém.

Segundo Cleber do Lau (MDB), a audiência teve como objetivo assegurar que o novo governo conclua as obras no município, que ficaram pendentes na gestão anterior, de Simão Jatene.

“Estamos muito felizes com esta reunião. Fomos bem recebidos pelo secretário da Casa Civil, Parsifal Pontes. Ele deixou claro que a Casa estará sempre de portas abertas para receber as demandas da região e que irá abraçar Ourilândia, dando todo apoio necessário para as demandas do município”, informou Cléber do Lau.

Ainda de acordo com o vice-prefeito, as obras que não foram concluídas são a da Escola Estadual Romildo Veloso, a Quadra de Esportes do Projeto Casulo I, o Poço Artesiano, localizado próximo ao PA Maria Preta, além da liberação de um ônibus, que será destinado à classe evangélica. “Ou seja, todas estas obras estão pela metade, outras já foram concluídas, e estamos apenas esperando pelo pagamento. Por isso este foi o nosso objetivo aqui, pedir que o atual governador dê continuidade as obras”, ressaltou.

Vale reforçar que as articulações para construção do Poço Artesiano e o empenho para o pagamento da obra só foram possíveis graças ao vereador Marcelo do Povão (PSC), que não tem medido esforços junto ao governador Helder Barbalho, no sentido de beneficiar os moradores da região do PA Maria Preta.

Para o vereador Walto Santos (MDB), “a nossa vinda a Belém teve um papel fundamental, o de garantir que as obras que estão paradas no munícipio sejam terminadas e continuem beneficiando a população”.

“Este foi o intuito de nossa vinda, assegurar a continuidade dessas obras importantes para os moradores, para que a cidade não perca com esta situação. Ao todo, o município precisa de cerca de R$ 2 milhões de reais para que as obras que não foram cumpridas pelo antigo governador sejam terminadas”, destaca o vereador.


O prefeito do município de Ourilândia do Norte, Dr. Veloso, não esteve presente ao encontro, mas reforçou que espera do atual governo um grande empenho com o município, no sentido de que todas as obras que estão prontas ou pela metade sejam entregues à população ainda este ano.

(Redação Fato regional)