Whindersson Nunes cancela shows no Pará por causa de depressão

O espetáculo “Eita Casei” deveria ter acontecido em Abaetetuba em janeiro.

As apresentações de Whindersson Nunes nas cidades paraenses de Paragominas (que seria no próximo dia 20) e em Abaetetuba (no dia 21) foram canceladas pelo próprio artista.

Whindersson, que já havia dado indícios – através de publicações em suas redes sociais – de que estaria sofrendo com depressão, pediu para sua produção cancelar todas as apresentações até o mês de julho.

“Infelizmente foi cancelado. Os ingressos já estavam praticamente esgotados. Tudo já estava pronto, mas a produção dele ligou dizendo que o artista está com depressão e por isso estaria cancelando os shows”, confirmou André Felipe Mota, contratante do show que aconteceria em Abaetetuba.

André informou que as pessoas que adquiriram ingresso terão o valor devolvido a partir do dia 29 de Abril, em local a ser divulgado.

O espetáculo “Eita Casei” deveria ter acontecido em Abaetetuba em janeiro, mas foi cancelado porque Whindersson iria participar das gravações de um longa-metragem, e adiado para este mês.

LEIA:

NOTA DE CANCELAMENTO DO ESPETÁCULO “Eita, casei” do humorista Whinderson Nunes.


Informamos ao público geral que iria comparecer no próximo dia 21 de Abril na Arena Prime para assistir o espetáculo do humorista Whinderson Nunes, que infelizmente o show não irá ocorrer. Na última semana o artista foi diagnosticado com depressão e por conta disso fez cancelamento de toda sua agenda de shows até o período de Julho. Sendo assim, o show de Abaetetuba no Pará foi afetado. Lamentamos profundamente pela saúde do artista, como também a todos que adquiriram os seus ingressos, estávamos com áreas do show ESGOTADAS, no entanto, não tem condições de ocorrer. A produtora NonStop e a produção do artista Whinderson Nunes, responsável pela gestão do evento, informa que a partir do dia 29 de Abril, iniciarão as devoluções em endereço a confirmar, o qual será amplamente divulgado nas mídias da cidade.

 

 

Fonte: DOL

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar