quarta-feira, 24 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

‘Assiszinho’ é morto a facadas num bar em São Félix do Xingu; suspeito foi preso pela PM

'Assiszinho' estava em um bar no bairro União junto com o homem apontado como o autor das facadas, identificado como M.A.S., de 19 anos. Os agentes do 36º BPM fizeram uma varredura na região para procurar o suspeito do crime em todos os esconderijos por onde passou até a captura dele.
'Assiszinho' foi esfaqueado num bar, na tarde desta segunda-feira, 11 de março e o suposto algoz dele foi capturado pouco depois pela Polícia Militar (Foto: Redes Sociais / Sem autoria identificada)

Um homem identificado pelo apelido de “Assiszinho” foi morto a facadas na tarde desta segunda-feira (11), em bar do bairro União, em São Félix do Xingu, no sul do Pará. O ocorreu num estabelecimento que fica na rua Manoel de Moura. Após relatos de testemunhas, agentes do 36º Batalhão de Polícia Militar — sob o comando do capitão Júlio — conseguiram prender o principal suspeito do crime: M.A.S., de 19 anos.

Eram aproximadamente 15h quando o crime ocorreu. Tanto a vítima como o suspeito estavam no bar. A Polícia Civil tenta entender a dinâmica do crime com base nos relatos das testemunhas e de M.A.S. Após o esfaqueamento, o algoz fugiu do estabelecimento. Os agentes do 36º BPM fizeram uma incansável busca por todos os locais onde ele buscou abrigo até encontrá-lo na casa da mãe.

Alterado e resistindo à prisão, os policiais militares precisaram algemar M.A.S. para poder conduzi-lo à Delegacia em São Félix do Xingu, onde foi autuado por suspeita de homicídio. O rapaz está à disposição do Poder Judiciário.

O Fato Regional respeita o princípio da presunção de inocência e sempre abre espaço para a defesa dos mencionados em casos policiais — se os advogados ou envolvidos acharem conveniente quaisquer manifestações —, garantindo amplo direito ao contraditório.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!