sábado, 15 de junho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Cacau e açaí do Pará atraem empresas do nordeste, sul e centro-oeste do Brasil para o estado

O Governo do Pará, junto ao Banco da Amazônia, estão buscando formas de garantir às empresas o ambiente adequado para a instalação no estado, gerando emprego, renda e potencializando a economia paraense
Tucumã, Medicilândia e Altamira são os maiores expoentes da produção de cacau do Pará e são referência para marcas de chocolates nacionais e internacionais (Foto: Ascom Semas / Agência Pará)

A produção de cacau e de açaí do Pará é um dos principais atrativos para empresas do agronegócio brasileiro. Os dois produtos foram os principais assuntos de uma reunião entre empresários das regiões nordeste, centro-oeste e sul do país, a Companhia de Desenvolvimento do Pará (Codec) e o Banco da Amazônia. O encontro ocorreu nesta terça-feira (1º) e teve como resultado a possibilidade de investimentos no estado.

Mais de 94% da produção nacional de açaí é do Pará. E esse foi o ponto de maior interesse na reunião para investimentos no Pará. A comitiva  de empresários também ressaltou o interesse no cacau. O Pará é o líder na produção do fruto, com mais de 300 toneladas por ano, e tem como expoente de qualidade o município de Tucumã, no sul do estado.

Os empresários do agronegócio de outras regiões do Brasil já investem no Pará, mas destacam o interesse em trabalhar com o cacau e o açaí (Foto: Agência Pará)

 

Para da agilidade ao processo, o diretor de Atração de Investimentos e Negócios da Codec, Manoel Ibiapina, explicou sobre a importância de estudar estratégias de mercado e assessoramento técnico e jurídico. Também intermediou o encontro entre a comitiva de empresários e o gerente de Relacionamento do Banco da Amazônia, Edson Ribeiro.

“A gente já investe no Pará e vê a necessidade de conhecer um pouco mais sobre a cultura do açaí. A gente até diz que o Pará é um dos três Estados mais abundantes do Brasil, com clima privilegiado, condição de solo e com todo esse aporte do pessoal da Codec. Isso traz incentivo para que investidores venham para este Estado e se instalem aqui. Com todo aparato técnico e segurança jurídica, a gente está bastante animado”, comentou Murillo Silva Rota, um dos sócios da Fazendas S/A.

O presidente da Codec, Lutfala Bitar, enfatizou a parceria e comprometimento com as empresas que necessitam de apoio para se instalar no Estado. “Nós estamos sempre aqui para ajudar o empresário a conhecer mais sobre as diversas possibilidades de investimento que o Pará oportuniza, prestando todo apoio técnico e especializado necessário”, disse.


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

(Da Redação do Fato Regional, com informações da Agência Pará)