sexta-feira, 1 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Cássio Andrade completa um ano como titular da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer e faz balanço da gestão

Entre algumas das principais conquistas estão o novo Mangueirão, a promoção dos Jogos Abertos do Pará, os programas Bolsa Talentos e Apoio ao Atleta e ações diversas de fomento ao esporte paraense
Cássio Andrade, titular da Seel, completou 1 ano de gestão no governo Helder Barbalho e relembra avanços em 2023 (Foto: Instagram)

Cássio Andrade completou um ano como titular da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). Ele aproveitou para fazer um balanço da gestão, como membro do governo Helder Barbalho, relembrando alguns dos principais avanços conquistados em 2023 e que vão balizar as ações para este ano de 2024. Os novos investimentos nos atletas paraenses de diferentes modalidades representam uma marca do trabalho de resgatar o fomento aos talentos locais.

O programa Bolsa Talentos foi recuperado após 5 anos parado e investiu mais de R$ 2 milhões nos atletas paraenses (Foto: Agência Pará)

Entre os destaques apresentados por Cássio Andrade à frente da Seel estão o novo Mangueirão, agora num padrão de grandes complexos esportivos e posicionado entre os mais modernos do Brasil. E a gestão dele ainda abriu o projeto para a possibilidade de eventos culturais e diferentes espetáculos, como ocorrem no país e no mundo. “Agora é um um palco de eventos não só do futebol, mas de entretenimento que traz recursos, gera emprego e renda”, analisa o secretário.

O novo Mangueirão agora também tem estrutura para ser palco de grandes eventos culturais e estreou com o mega espetáculo tardezinha, de Thiaguinho (Foto: Agência Pará)

Outra iniciativa foi fortalecer e ampliar os Jogos Abertos do Pará para todo o estado, estimulando equipes esportivas de várias regiões. Somado a isso, a gestão de Cássio Andrade resgatou o programa Bolsa Talentos, que estava parado há mais de cinco anos, e injetou R$ 2 milhões em incentivos aos atletas paraenses. Outro investimento foi o programa de fomento aos atletas, com recursos de R$ 4,5 milhões que ajudaram os talentos a levar a bandeira do Pará a competições por todo o país.

Além de programas voltados ao Esporte e Lazer e apoios a várias ações, como o programa “Vida Ativa”, com promoção de atividades esportivas para idosos, a gestão de Cassio Andrade tem mais obras. Uma delas é a recuperação da quadra do Mangueirinho, que faz parte do complexo esportivo do Mangueirão, em Belém. A reinauguração será no dia 8 de fevereiro, com uma partida da Seleção Brasileira Feminina de Basquete, já no pré-olímpico para as Olimpíadas de Paris.

“Só tenho a agradecer a todos que contribuíram nessa longa caminhada em 2023. E garantir que em 2024 teremos mais a entregar ao esporte paraense à frente da Seel”, concluiu Cassio Andrade.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!