quarta-feira, 12 de junho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Cumaru do Norte: PF fecha 4 garimpos e resgata 8 pessoas em condições análogas à escravidão

Na operação "São Francisco II", duas pessoas foram presas por extração ilegal de minérios, por posse ilegal de arma e por submeter pessoas a trabalho em condições análogas à escravidão
Foram apreendidas escavadeiras, uma caminhonete, armas, minérios e insumos para processamento de ouro em Cumaru do Norte (Foto: Polícia Federal)

Quatro garimpos ilegais foram fechados pela Polícia Federal, em Cumaru do Norte, no sul do Pará. Os locais foram alvos da operação “São Francisco II”, nesta quarta-feira (9). Duas pessoas foram presas e oito trabalhadores em condições análogas à escravidão foram resgatados. Pelas investigações, a extração ilegal de minérios na área levou à degradação de mais de 40 hectares.

Os trabalhadores resgatados estavam em condições precárias, em barracos de lona sem água tratada e banheiro, além de várias outras irregularidades trabalhistas. As duas pessoas foram presas por submeter os trabalhadores a essas condições degradantes, por posse ilegal de arma de fogo e por extração ilegal de minérios.

Cerca de 40 hectares de terra foram degradados com a extração ilegal de minérios (Foto: Polícia Federal)

 

Foram apreendidas quatro escavadeiras hidráulicas, uma caminhonete, três armas, aproximadamente 150 gramas de ouro e 700 gramas de substância semelhante a mercúrio, além diversos utensílios utilizados no processamento do ouro.

“Os presos foram autuados pelos crimes de posse irregular de arma de fogo, garimpo ilegal, manter trabalhadores em condição análoga à de escravo, armazenar mercúrio em desacordo com as exigências estabelecidas em leis e extração de recursos minerais sem autorização. Um deles também foi autuado por posse irregular de ouro. As investigações seguem em andamento para identificar outros possíveis responsáveis e mais pontos de extração ilegal de ouro”, informou a PF por nota.

Os trabalhadores resgatados estavam em condições degradantes (Foto: Polícia Federal)

 

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!