quinta-feira, 18 de julho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Eclipse Solar: Prefeitura de São Félix do Xingu vai disponibilizar equipamentos de observação na praia do Pedral neste sábado (14/10)

São Félix do Xingu é considerado o município que terá a melhor visualização no estado do Pará durante o fenômeno conhecido como anel de fogo. Os equipamentos vão permitir a observação segura do evento astronômico que representa risco à visão se observado a olho nu
O último eclipse solar anular ocorreu em junho de 2021, mas não foi visível no Brasil. Neste ano, o Pará é um ponto de observação privilegiado (Foto: Divulgação / Nasa)

Neste sábado (14), ocorrerá um eclipse solar anular. O evento astronômico será na parte da tarde, com horários que podem variar, dependendo da posição do observador, entre 13h e 17h. O fenômeno ocorre quando a lua passa entre a Terra e o sol, formando um “anel de fogo”, como é chamado. O Pará é um dos estados com a melhor posição para observação, sendo que São Félix do Xingu é considerado o município com a melhor visibilidade.

Para garantir que a população xinguense e visitantes da cidade possam aproveitar essa oportunidade e de forma segura, a Prefeitura de São Félix do Xingu, na gestão do prefeito João Cleber (MDB), vai disponibilizar equipamentos de observação na praia do Pedral, às 14h. De forma alguma, as pessoas devem olhar diretamente para o sol durante o eclipse. Apesar de ser possível, os danos aos olhos podem ser irreversíveis com poucos segundos de exposição. O último eclipse solar anular ocorreu em junho de 2021, mas não foi visível no Brasil.

Além de São Félix do Xingu, Tucumã, Água Azul do Norte, Xinguara e Parauapebas estão entre as cidades que vão garantir a melhor visibilidade do eclipse. Mas praticamente será possível ver o fenômeno em todo o estado. Quem não conseguir parar para ver o fenômeno em algum espaço de observação adequado, poderá assistir on-line.

O Observatório Nacional, unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), transmitirá ao vivo todo o eclipse anular do Sol. A ação integra diversas instituições brasileiras e em parceria internacional com o Time and Date, organização que fornece serviços relacionados ao tempo, clima, fenômenos astronômicos e fusos horários. A transmissão começa a partir das 11h30 (Hora Legal de Brasília). O link já está disponível para espera.

ACESSE AQUI PARA VER A TRANSMISSÃO AO VIVO DO ECLIPSE SOLAR ANULAR NO DIA 14 DE OUTUBRO

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!