domingo, 3 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Hospital Regional da PA-279, em Ourilândia, deve iniciar hemodiálise ainda neste mês, diz prefeito Dr. Júlio; veja vídeo

A estrutura terá 10 leitos e capacidade de 700 sessões por mês, informa o prefeito Dr. Júlio, que trouxe as boas notícias do Governo do Pará para pelo menos 25 pacientes renais crônicos de Ourilândia do Norte
O Hospital Regional da PA-279 agora tem hemodiálise como um dos tratamentos de alta complexidade oferecidos na região e descentralizando o atendimento (Foto: Ascom Sespa / Arquivo)

O Hospital Regional da PA-279, em Ourilândia do Norte, no sul do Pará, vai começar a fazer sessões de hemodiálise. A informação foi confirmada pelo prefeito Dr. Júlio César (Avante). As terapias podem começar ainda até a segunda quinzena deste mês de setembro. E assim, várias pessoas da região não precisarão mais se deslocar para fazer tratamento.

Dr. Júlio ressaltou que o trabalho é do Governo do Pará, que levou o benefício a Ourilândia do Norte e municípios próximos, como Tucumã, São Félix do Xingu e Água Azul do Norte. Somente em Ourilândia, diz o prefeito, pelo menos 25 pessoas precisam fazer hemodiálise. Algumas até se mudaram para outras cidades, como Redenção e Conceição do Araguaia.

“São muitas pessoas. Algumas fazem hemodiálise 3 vezes na semana e isso é um gasto muito alto e desgaste pelo deslocamento. Mas isso está mudando e sou o portador das boas notícias neste momento. Fui informado que as equipes estão terminando o treinamento e logo vão atender os pacientes. São 10 leitos e capacidade de 700 sessões de hemodiálise por mês”, informou Dr. Júlio.

Os leitos já foram montados e também as salas. Para Dr. Júlio, as notícias são muito positivas, pois garantem mais qualidade de vida a pacientes renais crônicos na região da PA-279 e suas famílias. O HRPA-279 é do Governo do Pará e administrado pela organização social (OS) InSaúde.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!