quarta-feira, 12 de junho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Mulher é morta a tiros pelo companheiro em briga por ciúmes num bar de Curionópolis

O suspeito do crime seria Ramiro Vieira, companheiro de Clemilda, conhecida como 'Vanessa'. Ele deu três tiros e ela pediu clemência. Ele deu mais três tiros e a abandonou para morrer.
Clemilda foi morta por Ramiro, companheiro dela, que está sendo procurado pela Polícia Civil (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Curionópolis, no sudeste do Pará, foi palco de mais um feminicídio no estado: Clemilda Lopes dos Prazeres, de 34 anos — conhecida como “Vanessa” — foi morta a tiros na noite deste domingo (5). O principal suspeito, como apontam testemunhas, seria o companheiro dela, Ramiro Vieira, de 31 anos. Ele teria atirado nela após um discussão motivada, supostamente, por ciúmes. Foram seis disparos ao todo e ele fugiu a pé.

Tudo ocorreu perto das 23h, num bar que fina na avenida Brasil, perto da praça da Juventude, no setor Planalto. Em um determinado momento, segundo testemunhas, a briga começou e seria por algo no celular de Clemilda. Descontrolado, Ramiro, como apontam as investigações e relatos, sacou a arma e deu três tiros na companheira. Mesmo ferida, ela esboçou uma reação de se levantar. O homem então teria dado mais três tiros.

Ao ver que a companheira ainda estava viva após dar três disparos, ele ignorou os pedidos de clemência e atirou mais três vezes (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

 

Clemilda pediu clemência, mas não foi ouvida. Ramiro saiu a pé do local. Populares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192). Mesmo com o socorro chegando rápido, a moça não resistiu. As polícias civil e militar iniciaram diligências para encontrar Ramiro.

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso podem ser encaminhadas ao Disque-Denúncia (181). Se a informação for mais urgente, o ideal é ligar para o 190. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Não é necessário se identificar.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!