sexta-feira, 1 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Mulher é queimada pelo companheiro no distrito do Nereu, em São Félix do Xingu

A família de dona Cleonice está fazendo uma campanha para juntar recursos para ela recomeçar a vida e seguir no tratamento dos graves ferimentos que sofreu. O companheiro dela é o principal suspeito do crime.
Dona Cleonice conseguiu escapar, mas tem um longo caminho no tratamento das queimaduras e para reconstruir a vida (Foto: Divulgação)

Dona Cleonice de Jesus, de 42 anos, foi vítima de uma tentativa de feminicídio no distrito do Nereu, em São Félix do Xingu, no sul do Pará. As investigações da Polícia Civil apontam que o companheiro dela, identificado como Marconildo, jogou gasolina nela e então ateou fogo. O suspeito está sendo procurado. A mulher foi socorrida com queimaduras graves e foi transferida para Belém para receber tratamento especializado.

Familiares de Cleonice relatam que o crime teria ocorrido na manhã de segunda-feira (08). O casal teve uma briga e, ainda segundo relatos de familiares, ocorreu a tentativa de feminicídio. Ela ficou com várias queimaduras graves pelo corpo, mas conseguiu escapar. A família agora está fazendo uma campanha para arrecadar recursos para que ela possa recomeçar a vida e seguir no tratamento dos ferimentos, que ainda vai levar tempo até a recuperação.

Quaisquer informações que possam ajudar a localizar Marconildo, podem ser encaminhadas ao Disque-Denúncia (181). Se a informação for mais urgente, o ideal é ligar para o 190. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Não é necessário se identificar.

Quem puder ajudar Cleonice, pode colaborar com uma doação via Pix para o CPF 083.505.461-66. A filha dela, Gislene Alves de Jesus, é quem está reunindo os recursos.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!