domingo, 14 de julho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Polícia Federal fecha dois garimpos clandestinos de ouro em Ourilândia do Norte perto da terra indígena Kayapó

O condutor de um caminhão carregado com 2 mil litros de diesel foi preso enquanto estava a caminho de um garimpo dentro da Terra Indígena Kayapó, como reconheceu o motorista. É a segunda vez, em menos de 10 meses, que a PF fecha um dos garimpos investigados.
Os garimpos ocorriam no limite com a Terra Indígena Kayapó, em Ourilândia do Norte, provocando uma longa extensão de danos (Foto: Polícia Federal)

A operação “Ponto 08” da Polícia Federal fechou dois garimpos  clandestinos de ouro, em Ourilândia do Norte, no sul do Pará. A exploração ilegal de minérios estava ocorrendo em área particular, mas no limite com a terra indígena do povo Kayapó. A ação ocorreu na semana passada e os resultados só foram divulgados nesta terça-feira (25). Uma pessoa foi presa ao levar um caminhão carregado de combustível para um dos locais investigados.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Fato Regional (@fatoregional)

“No primeiro garimpo, uma escavadeira hidráulica e um motor-bomba foram apreendidos. Os trabalhadores evadiram-se para o mato com a chegada da Polícia, mas o responsável já foi identificado e vai responder por crimes de usurpação de bens da União e Crime Ambiental. É a segunda vez, em menos de 10 meses, que a Polícia Federal fecha o mesmo garimpo. A primeira ação ocorreu em 21 de setembro de 2023, quando vários garimpos foram fechados durante a deflagração da Operação ‘1200.2‘”, informou a PF, por nota.

Maquinário e combustível apreendido na operação ‘Ponto 08’, que fechou um garimpo reincidente (Foto: Polícia Federal)

No segundo garimpo, explicou a PF, que era explorado de forma mais rudimentar, vários trabalhadores foram encontrados no local. Foram colhidas informações sobre os responsáveis, os quais serão investigados e responsabilizados pelos delitos. As ações ocorreram no dia 18 de junho. Foi no mesmo dia em que a PF apreendeu o caminhão carregado com 2 mil litros de diesel e prendeu o motorista, que reconheceu estar levando o produto para um dos locais investigados.

Além dessa operação em Ourilândia, ainda na semana passada, a PF realizou a operação “Sonho Distante 3”, que fechou um garimpo de ouro e uma serraria também na Terra Indígena Kayapó, mas no município de São Félix do Xingu.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!