Proerd de Ourilândia do Norte forma primeiras turmas nesta quarta-feira (18)

A formatura será das turmas do primeiro semestre, com 212 alunos. Até o final do primeiro ano do programa em Ourilândia, serão formados 432 estudantes, prontos para uma vida cultuando a paz e a vida em sociedade, longe da violência e das drogas
No primeiro semestre do Proerd em Ourilândia do Norte, foram atendidos 212 alunos de 3 escolas e que vão se formar nesta quarta-feira, 18 de outubro (Foto: Semed)

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) de Ourilândia do Norte, no sul do Pará, vai formar as primeiras turmas, do primeiro semestre, nesta quarta-feira (18). No período, foram atendidos 212 alunos das escolas Eliomar Alves, Machado de Assis e José Cândido — onde será o evento de formatura, a partir das 14h30.

A adesão ao programa, em parceria com a Polícia Militar, é mais uma das medidas da equipe da Secretaria Municipal de Educação (Semed), liderada pelo secretário professor doutor José Leite, representando a visão de proteger crianças e adolescentes, que é uma das marcas da gestão do prefeito Dr. Júlio César (Avante) e do vice-prefeito Alessandro (Avante).

“O objetivo do Proerd é informar nossos jovens e desenvolver habilidades necessárias para viver em sociedade de forma saudável, sem drogas e sem violência. Esse projeto visa fortalecer a autoestima da criança e do adolescente, além de prevenir a criminalidade ligada direta e indiretamente ao uso das drogas, sendo elas lícitas ou ilícitas”, explica Janaina Alencar, técnica da Semed e coordenadora do programa.

Além dos estudantes, o Proerd envolve toda a comunidade escolar, incluindo professores, técnicos e as famílias. No centro, o secretário José Leite e na ponta direita a técnica Janaina Alencar, coordendora do programa (Foto: Semed)

 

As turmas do segundo semestre do Proerd Ourilândia do Norte somam 220 alunos. Com isso, ao final do primeiro ano do programa, 432 estudantes terão sido atendidos e serão muito mais preparados para viver uma vida pacífica, produtiva e construtiva, sem drogas ou violência. O programa tem duração de 2 anos e pode ser renovado.

“De forma simples, descontraída e lúdica, o Proerd tem ensinado nossas crianças e adolescentes técnicas voltadas à resistência às drogas, além de promover uma aproximação muito importante e positiva dos nossos alunos com os policiais militares de nosso município”, concluiu Janaína, agradecendo à PM, ao secretário José Leite, ao prefeito Dr. Júlio e ao vice Alessandro pelo apoio à juventude de Ourilândia.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar