sexta-feira, 19 de julho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Roubos de veículos caem 22% no Pará em 2022, aponta Anuário Brasileiro de Segurança Pública

A Segup atribui a melhoria dos índices aos investimentos em tecnologia e trabalho integrado das forças de segurança pública, que têm desestimulado o crime e recuperado os veículos furtados ou roubados mais rapidamente
Com mais tecnologias e fiscalização, os crimes de furto e roubo de veículos vêm apresentando reduções no Pará, como aponta o Fórum Brasileiro de Segurança Pública e a Segup (Foto: Agência Pará / Imagem Ilustrativa)

Em 2022, o Pará registrou cerca de 2.014 roubos de veículos. Isso representa uma redução de 22% ao total registrado em 2021: 2.585. Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado neste ano. Na região Norte, é a menor taxa desse tipo de crime para cada 100 mil habitantes.

Ainda nos dados do anuário, somando os crimes de roubo e furto de veículos, o Pará também apresentou redução. Em 2022, foram 5.397  ocorrências ao todo, ou seja, 6,2%, em comparação a 2021, que teve 5.754 registros.

Já em dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), no primeiro semestre de 2023, o Pará manteve a redução dos roubos de veículos. Foram registrados 762 casos, representando uma queda de 29,2% em relação ao mesmo período de 2022, em que foram computados 1.077 casos.

“O Pará tem apresentado números significativos de redução de furtos e roubos de veículos, a ponto de ter sido considerado, há pouco tempo, o Estado mais seguro para se ter veículo no Brasil. Justamente pelas estratégias montadas, pela integração das forças, pela vigilância das nossas rodovias nas divisas do Pará”, declarou o titular da Segup, Ualame Machado.

Entre as estratégias adotadas pela Segup estão a instalação de câmeras de reconhecimento de placa veicular. A tecnologia, diz Ualame, também garante a recuperação mais rápida do veículo furtado ou roubado.

A Segup reforça que é fundamental registrar a ocorrência diante um furto ou roubo de veículo. Somente com o registro será possível identificar o veículo em pontos de fiscalização e devolver ao proprietário.


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

(Da Redação do Fato Regional)