domingo, 19 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Saúde na Escola: Ourilândia do Norte, São Félix do Xingu e Tucumã são beneficiados com recursos do programa; sul do Pará recebe mais de R$ 377 mil em investimentos

Todos os 144 municípios paraenses aderiram ao programa e foram contemplados. Ao todo, o Pará recebeu mais de R$ 4,7 milhões em recursos pelo programa. Veja a lista completa das cidades beneficiadas no sul do estado.
Vários projetos podem ser desenvolvidos através dos recursos do Programa Saúde na Escola, que traz mais de R$ 4,7 milhões ao Pará e R$ 377 mil somente para o sul do estado (Foto: Agência Brasil)

Os 144 municípios do Pará aderiram ao Programa Saúde na Escola (PSE) e foram contemplados. Ao todo, o estado vai receber mais de R$4,7 milhões para desenvolvimento de políticas de saúde e educação voltadas às crianças, adolescentes, jovens e adultos da educação básica pública brasileira. Os recursos são referentes ao ciclo 2023/2024, que teve 99% de adesão das prefeituras do Brasil.

Com a iniciativa, o Governo Federal estimula políticas públicas que tenham a ver com educação e saúde. Por exemplo: saúde mental alimentação saudável, prevenção de violências e acidentes, cultura de paz, direitos humanos, saúde sexual e reprodutiva, prevenção de HIV e infecções sexualmente transmissíveis (IST). A previsão é que mais de 25 milhões de estudantes sejam assistidos em todo o país.

Ourilândia do Norte, São Félix do Xingu e Tucumã são alguns dos municípios contemplados na região sul do Pará, que receberá ao todo R$ 377.990,00. Por ser o maior município da região, São Félix do Xingu tem o maior montante de verbas, passando de R$ 58 mil. Redenção e Santana do Araguaia vêm logo em seguida. O investimento total do Governo Federal chega a R$ 90,3 milhões.

A portaria define critérios para os valores repassados, conforme as necessidades dos estudantes da educação básica em cada cidade. O PSE é uma estratégia de integração da saúde e educação para o desenvolvimento da cidadania e da qualificação das políticas públicas brasileiras.  A proposta é melhorar a saúde dos estudantes, reduzir a evasão escolar e a queda na frequência por problemas de saúde.

Municípios podem receber R$ 1 mil a mais a cada grupo de 1 a 800 estudantes das creches públicas e conveniadas do município, escolas rurais, escolas com alunos em medida socioeducativas e escolas que tenham, pelo menos, 50% dos alunos matriculados pertencentes a famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família.

Em Redenção, o Programa Saúde na Escola, em outras edições, garantiu políticas de cuidados com a saúde bucal (Foto: Prefeitura de Redenção / Arquivo)

 

Veja quanto cada município do Pará vai receber para investir pelo programa Saúde na Escola

  • Água Azul do Norte: R$ 16.876,00
  • Bannach: R$ 8.476,00
  • Conceição do Araguaia: R$ 21.876,00
  • Cumaru do Norte: R$ 14.076,00
  • Floresta do Araguaia: R$ 20.676,00
  • Ourilândia do Norte: R$ 26.476,00
  • Pau D’Arco: R$ 10.476,00
  • Redenção: R$ 48.476,00
  • Rio Maria: R$ 16.076,00
  • Santana do Araguaia: R$ 44.726,00
  • Santa Maria das Barreiras: R$ 19.676,00
  • São Félix do Xingu: R$ 58.076,00
  • Sapucaia: R$ 9.476,00
  • Tucumã: R$ 23.876,00
  • Xinguara: R$ 38.676,00
  • Total no Sul do Pará: R$ 377.990
  • Total do Pará: R$ R$ 4.779.144,00

FONTE: MINISTÉRIO DA SAÚDE


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)