sexta-feira, 24 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

VÍDEO: após tomar skate de jovem em praça no Pará, guarda municipal diz: ‘por mim matava uns cinco’; agente foi afastado

A praça onde a abordagem ocorreu fica no centro de Belém. E apesar de não ser adequada para a prática de skate, é uma das poucas áreas abertas, seguras, amplas e planas que não sejam em áreas mais periféricas da cidade, onde há poucos espaços que há anos precisam de ajustes.
Com o skate do jovem na mão, o guarda que está à direita na imagem, defende a morte de skatistas que usam a praça Santuário para 'resolver o problema' (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Um agente da Guarda Municipal de Belém foi gravado dizendo “por mim, matava uns cinco”, ao se referir a skatistas que costumam se reunir e praticar em uma praça no centro da capital do Pará. Trata-se da praça Santuário, que faz parte do complexo da Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, onde fica a imagem da padroeira do estado. Após analisar as imagens, a prefeitura afastou o servidor, mas disse que a área não é adequada para a prática do esporte.

A abordagem ocorreu nesta quinta-feira (11). Os relatos apontam que o jovem nem estava andando de skate no momento e estava sendo num banco da praça Santuário, mexendo no celular. Mesmo assim, o skate do rapaz foi apreendido e ele seguiu tentando recuperar o objeto. Foi quando ele começou a filmar o diálogo entre o guarda municipal, um policial militar e um outro homem.

“Da minha parte, a conversa acabou. Para ser sincero, por mim, matava uns cinco para resolver o problema. Ia causar um alvoroço, ia sair na mídia e o caralho, eu ia preso, mas aí resolvia…”, diz o guarda municipal, que é interrompido pelo outro interlocutor e repreendido que aquilo não seria nenhuma solução. O policial militar, no vídeo de 28 segundos, não esboça reação diante de declaração. O vídeo foi compartilhado também pela Federação Paraense de Skate (FPSK).

Por nota enviada ao Fato Regional, a Guarda Municipal de Belém informou que “…lamenta o ocorrido e informa que a conduta apresentada pelo agente não condiz com as diretrizes da instituição, que tem como princípios a preservação da vida, a proteção dos direitos humanos fundamentais, do exercício da cidadania e das liberdades públicas. Informa ainda, que o servidor já foi identificado e afastado do posto. A Guarda Municipal vai analisar o vídeo e as circunstâncias do fato para tomar as providências cabíveis”.

A praça Santuário fica no centro de Belém e faz parte do complexo da Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, padroeira do Pará (Foto: Oswaldo Forte / Agência Belém / Arquivo)

“A segurança da Praça Santuário é pública e conta com um posto fixo, 24h, na lateral da Basílica. Informa ainda, que o espaço não é apropriado para o uso do skate e suas manobras radicais nos bancos que danificam o patrimônio público”, conclui a Guarda Municipal de Belém na nota.

O espaço, apesar de inadequado para o esporte, é uma das poucas áreas abertas, acessíveis e seguras numa área mais central de Belém. Os outros poucos espaços que possuem estrutura específica para skate são em áreas mais periféricas e carecem de adaptações e manutenções. Historicamente, skatistas sofrem repressão de autoridades por praticar na praça Santuário.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!