domingo, 3 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Xinguara terá usina de energia solar, energia gratuita para 400 famílias e isenções da taxa de iluminação pública

A Câmara Municipal de Xinguara aprovou todas essas medidas a partir de projeto enviado pela prefeitura, que também deve reduzir as taxas de iluminação para outra faixa de consumidores
O município de Xinguara terá uma usina de geração de energia solar para compensar o projeto de aumento das isenções e reduções nas taxas de iluminação pública (Foto: Valtiney Lima / Facebook / Arquivo / Imagem Ilustrativa)

Em março de 2024, a Prefeitura de Xinguara, no sul do Pará, deve inaugurar uma usina de energia solar para o município. E com isso, será possível subsidiar um projeto de lei do Executivo, aprovado pela Câmara Municipal de Xinguara, que vai garantir energia elétrica gratuita para 400 famílias em condição de vulnerabilidade social. E ainda, a redução em até 60% da taxa de iluminação pública para 21,4 mil famílias. Outras famílias serão isentas do pagamento dessa taxa.

“Estamos transformando Xinguara em um município sustentável, investindo em energia renovável, além de atender, de forma gratuita, centenas de famílias que mais precisam e necessitam do amparo do governo. Nós estamos preparando a nossa Xinguara para a COP30, que vai acontecer em 2025 em Belém”, disse o prefeito Dr. Moacir (União Brasil).

A zona rural de Xinguara, até antes do projeto, tinha isenção da taxa de iluminação pública para o consumo de energia até 70 kW (quilowatts). Essa faixa foi ampliada para famílias com consumo de até 500 kW. Comerciantes e empresários de diversos setores pagavam taxa mínima para até 50 kW e o benefício agora compreende o consumo de até 400 kW.

Para famílias da zona urbana cadastradas como de baixa renda, a isenção da taxa de iluminação pública compreendia o consumo de até 50 kW. E agora o consumo isento passa para até 100 kW. Há ainda uma redução que pode chegar a até 60% da taxa para famílias de aposentadas, pensionistas, pessoas com deficiência e dentro do transtorno do espectro autista (TEA). O mesmo benefício vai se aplicar a templos religiosos de qualquer natureza.

“Xinguara ganha destaque entre os municípios paraenses na área de sustentabilidade. O município tem aterro sanitário; estação de tratamento de resíduos líquidos com represas de decantação; áreas e parque de preservação ambiental; e agora começará a construção de uma Usina de Produção de Energia Renovável Solar”, conclui o prefeito Dr. Moacir.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!