terça-feira, 21 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

13ª Feira do Peixe de Tucumã encerra nesta Sexta-Feira Santa com mais de 13 toneladas de pescado a preços acessíveis

A estimativa da Secretaria Municipal de Agricultura de Tucumã é que ao final da Feira do Peixe sejam movimentados R$ 300 mil na economia do município, além de garantir pescado a preços acessíveis para as famílias que mantêm a tradição de comer peixe na Semana Santa. O evento é uma ação da prefeitura, com apoio do Governo do Pará
Nesta quinta-feira, penúltimo dia da 13ª Feira do Peixe de Tucumã, várias pessoas correram para garantir o pescado para o almoço da Semana Santa e encontraram preços camaradas (Foto: Wesley Costa / Fato Regional)

A 13ª Feira do Peixe de Tucumã encerra nesta Sexta-Feira Santa (29), no mercado municipal Gonçalo Sampaio. Organizado pela Secretaria Municipal de Agricultura, o evento é uma tradição no município e que cresce a cada ano. Nesta edição, há 12 produtores com pescados de alta qualidade na estrutura montada pela Prefeitura de Tucumã — na gestão do prefeito Dr. Celso Lopes (União Brasil) — e com apoio do Governo do Pará. Mais de 13 toneladas estão disponíveis com preços bem acessíveis.

Laudi Witeck, secretário municipal de Agricultura, avalia que somente a venda do pescado pode injetar cerca de R$ 300 mil na economia de Tucumã. No entanto, a anual Feira do Peixe já é conhecida dos produtores, que movimentaram recursos para se preparar com a compra de alevinos, ração e outros insumos da piscicultura. E quem vai comprar o pescado, vai fazer outras compras para o almoço da Semana Santa, aumentando o potencial de movimentação econômica.

De fato, foi exatamente isso que a dona de casa Sônia Soares fez. Comprou um tambaqui bem bonito e já arrumado para levar para casa. Quando falou com a equipe do Fato Regional, ela já estava fazendo outras compras para preparar o almoço da Semana Santa. “Já comprei o cheiro verde e vou fazer outras compras ainda. Mas o tambaqui já está garantido. Comprei a um bom preço e os peixes estão bonitos. Bom vir logo e aproveitar”, comentou.

Dona Sônia saiu feliz com as compras que fez para o almoço da Semana Santa graças à Feira do Peixe e os produtos do mercado municipal Gonçalo Sampaio (Foto: Fato Regional)

Uma das vantagens de comprar o pescado na Feira do Peixe de Tucumã é que os preços costumam ser mais acessíveis, graças ao diálogo da prefeitura com os produtores. E apesar das variações do preço de mercado, o secretário Laudi observa que os consumidores tucumaenses não devem sentir diferença dos preços do ano passado. Entre alguns preços levantados pelo Fato Regional, há tambaqui e tambatinga a R$ 18. Sai a R$ 20 se o cliente quiser levar limpo, tratado e porcionado.

Confira as espécies comercializadas (os preços podem variar):

  • tambaqui
  • tilápia
  • pintado
  • fidalgo
  • tucunaré
  • tambatinga
A cada Feira do Peixe, uma multidão é mobilizada em Tucumã para garantir o pescado do almoço da Semana Santa, aquecendo a economia do município (Foto: Fato Regional / Arquivo)

“Na gestão do prefeito Dr. Celso, a prefeitura intensificou os investimentos na Feira do Peixe, instalando barracas mais espaçosas, levando energia elétrica, colocando um sistema de água e abrindo cozinha e espaço para a degustação. O evento só vem crescendo, com o apoio da Emater e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap). Notamos um aumento da procura por pescado já neste Domingo de Ramos, então é sinal de que a demanda vai aumentar ainda mais até a sexta”, diz avalia Laudi.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!