quarta-feira, 24 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

22 brasileiros vivem drama à espera de resgate na Faixa de Gaza

O Egito está no meio das tratativas para a abertura de um corredor humanitário e enfrenta o dilema de colapsar diante da iminente recepção de 2 milhões de refugiados de uma só vez
O avião da presidência da República é que fará o resgate do grupo de 28 pessoas que estão na Faixa de Gaza (Joédson Alves / Agência Brasil / Imagem Ilustrativa)

Um grupo de 28 pessoas, sendo 22 brasileiros e 6 palestinos que residem no Brasil, vivem um drama para serem resgatados da Faixa de Gaza. Eles estão entre as vítimas inocentes do conflito entre Israel e o Hamas e estão sob a incerteza e insegurança de escapar com vida do conflito. Havia expectativa do Governo Federal e da Embaixada do Brasil na Cisjordânia de que eles poderia ser repatriados ainda na manhã desta segunda-feira (16). Israel, no entanto, ainda não garantiu a saída segura via fronteira da Palestina com o Egito.

O embaixador do Brasil na Cisjordânia, Alessandro Candeas, assegurou que em nível político, todas as medidas foram tomadas. Agora resta a concretização das medidas. Um dos desafios é que o Egito acabe recebendo 2 milhões de pessoas refugiadas de uma só vez, o que poderia abalar a estrutura do país. O grupo que será repatriado pelo Governo Federal do Brasil está nas cidades de Rafah e Khan Yunis, no sul de Gaza.

Assim que o grupo puder cruzar para o Egito, eles serão trazidos ao Brasil no avião VC-2 da Presidência da República, que tem capacidade para transportar até 40 passageiros. Outros cinco voos de repatriação já foram feitos para trazer brasileiros e familiares de Israel e mais de 900 pessoas foram resgatadas. O Egito afirmou que intensificou seus esforços diplomáticos para resolver o impasse e avalia a criação de uma corredor humanitário junto aos esforços da ONU.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!