Cacauicultura: Instituto Tecnológico Vale lança cartilha de apoio a produtores de cacau do Pará

A cartilha 'O Negócio da Cacauicultura - Guia para o Produtor Rural' será divulgada ao público na sexta-feira (11), na Casa da Cultura de Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará
Tucumã, Medicilândia e Altamira são os maiores expoentes da produção de cacau do Pará e são referência para marcas de chocolates nacionais e internacionais (Foto: Ascom Semas / Agência Pará)

O Instituto Tecnológico Vale (ITV) produziu uma cartilha de apoio a produtores rurais de cacau. A proposta será apresentada ao público na sexta-feira (11), na Casa da Cultura de Canaã dos Carajás, sudeste do Pará. No guia, os cacauicultores poderão conhecer melhores formas do cultivo do fruto na Amazônia.

A cartilha “O Negócio da Cacauicultura – Guia para o Produtor Rural” foi elaborada por pesquisadores do ITV. Trata-se de uma ferramenta de apoio aos agricultores, que podem utilizar a pesquisa científica, associada ao conhecimento tradicional, na melhoria da cacauicultura paraense, já reconhecida mundialmente como uma das melhores do mundo. Tucumã, no sul do Pará, é um dos destaque da produção.

No lançamento da cartilha, estarão presentes membros do ITV, produtores de cacau, estudantes e comunidade local. Haverá apresentações de experiências sobre a produção do cacau e atividades culturais com os alunos da Escola de Música e Dança da Casa da Cultura. O evento marca também a integração entre as equipes que trabalham na pesquisa e desenvolvimento dos territórios onde a Vale atua.

A programação é gratuita, aberta à comunidade. Para mais informações sobre o lançamento da publicação, os interessados podem entrar em contato pelo número (94) 99220-3451. A Casa da Cultura de Canaã dos Carajás fica localizada na Rua das Esmeraldas, número 141, no bairro Jardim das Palmeiras.

O evento será transmitido ao vivo pelo canal da Casa da Cultura de Canaã dos Carajás no Youtube e contará também com tradutor/intérprete de Libras.


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

(Da Redação do Fato Regional)

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar