sexta-feira, 24 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Clube de Mães de Ourilândia do Norte cria campanha de arrecadação de donativos para o Rio Grande do Sul

A ação solidária é uma iniciativa do Clube de Mães de Ourilândia do Norte, fundado por uma das pioneiras da cidade. A arrecadação começou nesta quarta-feira, 8 de maio, e segue até o dia 15 de maio. O envio de tudo o que foi reunido será feito no dia 16 de maio, em parceria com uma empresa de transportes de Parauapebas. Saiba como ajudar!
Vários donativos foram entregues na sede do Clube de Mães de Ourilândia do Norte já no primeiro dia de arrecadação. Os donativos serão enviados no dia 16 de maio (Foto: Divulgação)

A Associação Cultural Educacional Vivência Amiga (AVA ou Clube de Mães), de Ourilândia do Norte, iniciou uma campanha de arrecadação de donativos para o Rio Grande do Sul. As doações começaram a ser recebidas nesta quarta-feira (8) e seguem até o dia 15 de maio. A ação solidária conta com toda a comunidade da PA-279 e outros municípios da Região de Integração do Araguaia.

Eliane Buratto, fundadora da AVA e pioneira de Ourilândia do Norte, reforça que a ação solidária mobiliza uma rede de amigos, empresários, igrejas e da comunidade local. A divulgação começou na terça (7) e no primeiro dia vários donativos começaram a chegar à sede do Clube de Mães, que fica na avenida das Nações, nº 102, no setor Centro de Ourilândia. O horário é das 8h às 17h de segunda a sexta. A loja Kalangos Bike Center também é um ponto de coleta.

“No primeiro dia já recebemos muitos donativos diferentes e é comovente como mesmo pessoas mais humildes são capazes de fazer doações com o que podem e conseguem, apenas pela boa vontade de ajudar. No dia 16, já vamos enviar tudo para a empresa Azul Cargas, de Parauapebas, que fará a entrega das doações no Centro de Distribuição em Canoas (RS)”, explicou Eliane.

O Clube de Mães, desde a fundação, tem estado engajado em causas sociais e apoio a grupos em vulnerabilidade social. Eliane disse que nessa causa não poderia ser diferente, já que o Rio Grande do Sul vive uma tragédia ambiental e climática que atingiu mais de 1,4 milhão de pessoas e afetou mais de 80% do território estadual.

Para mais informações ou doações mais específicas, o telefone de contato é o (94) 99141-3386.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!