segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Discussão termina em homicídio em Cumaru do Norte e empresário ‘Pereirão’ é preso

Carlos Augusto Alves Ferreira foi morto a tiros pelo empresário conhecido como 'Pereirão' devido a uma discussão entre a vítima e o filho do suspeito
Carlos Augusto, de 21 anos, era muito conhecido em Cumaru do Norte e Redenção e a morte dele deixou amigos e familiares revoltados (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Uma discussão fútil terminou com a morte de Carlos Augusto Alves Ferreira, de 21 anos, em Cumaru do Norte, sul do Pará. O caso ocorreu na madrugada de sábado (2). Pelas investigações da Polícia Civil, a vítima teria sido morta pelo empresário José Pereira, mais conhecido como “Pereirão”. O suspeito, que está preso, supostamente, estaria tentando defender o filho. E assim, mais um homicídio entra para a conta da cidade considerada a mais violenta da Amazônia, segundo o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Toda a história, como mostram as investigações iniciais da Polícia Civil, começa com Augusto e o filho de José Pereira indo comprar uma caixa de cerveja. Eles se desentenderam no caminho por alguma razão. A vítima teria dito, em um grupo de WhatsApp, que daria “dois tapas” no filho de Pereirão. E ainda citou o empresário.

O empresário José Pereira, conhecido como ‘Pereirão’, foi preso como principal suspeito do homicídio e autuado por homicídio qualificado (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Na noite de sexta-feira , 1º de dezembro, José Pereira teria convidado Carlos Augusto para conversar e tentar acabar com a discussão e a briga entre os dois rapazes. E Augusto foi para a casa do empresário, sem imaginar que se tratava de uma possível emboscada. Por enquanto, o que aconteceu dentro da casa ainda está em investigação. Lá, os tiros foram disparados e o visitante morreu na hora.

José Pereira, a esposa e o filho fugiram do local de carro. Vizinhos acionaram as polícias Civil e Militar, que encontraram o corpo e iniciaram as diligências em busca dos suspeitos. Testemunhas já apontavam a suspeita sobre o empresário. O veículo da família foi interceptado perto de Redenção. “Pereirão” foi preso por suspeita de homicídio qualificado e está à disposição do Poder Judiciário. Nas redes sociais, amigos e familiares de Augusto cobravam justiça. O jovem foi sepultado na tarde de sábado.

(Da Redação do Fato Regional, com informações do Blog do Luiz Pereira)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!