segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Dois garimpos de ouro são fechados pela Polícia Federal em Cumaru do Norte, próximo à rodovia PA-287

A operação foi batizada com o nome do córrego Carrion, que segundo informou a Polícia Federal, está contaminado por mercúrio devido à atividade de extração de ouro. Três pás carregadeiras foram apreendidas e entregues à Prefeitura de Cumaru do Norte.
O garimpo, como explicou a PF, estava muito perto do perímetro urbano de Cumaru do Norte e podia ser visto por quem passava pela rodovia PA-287 (Foto: Polícia Federal)

A Polícia Federal encerrou as atividades de dois garimpos ilegais de ouro em Cumaru do Norte, no sul do Pará. Os espaços foram alvos da operação “Carrion”, deflagrada na sexta-feira (9). Os garimpos ficavam às margens da rodovia PA-287, perto do perímetro urbano do município. Foram apreendidos equipamentos e 3 pás carregadeiras foram entregues para a prefeitura. As pessoas que trabalhavam na atividade mineral irregular fugiram e ninguém foi preso.

Alguns maquinários foram apreendidos e destinados à Prefeitura de Cumaru do Norte (Foto: Polícia Federal)

Os garimpos, como aponta a Polícia Federal, estavam provocando desmatamento, degradação do solo e a poluição do córrego Carrion, que dá nome à operação. Toda atividade de extração de minérios, reforça a a PF, deve passar por todos os procedimentos para autorização junto à Agência Nacional de Mineração (ANM).

O córrego Carrion, devido á atividade de extração de ouro, estava degradado e contaminado por mercúrio, como informou a PF (Foto: Polícia Federal)

“Quem passava pela rodovia conseguia visualizar a atividade ilegal, o que demonstra que esse crime já faz parte do cotidiano na região. A investigação agora segue para confirmar a identidade dos responsáveis pela extração de ouro. O ribeirão Carrion sofre intensa degradação com a atividade ilegal às suas margens, com assoreamento de seu leito e contaminação por mercúrio”, diz a nota da corporação sobre a operação.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!