domingo, 3 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Dupla suspeita de cometer onda de roubos e furtos em São Félix do Xingu é presa em operação das polícias Militar e Civil

M.L.M., conhecido como 'Loirinho do Morro' e a F.V.S. foram presos em flagrante com itens que teriam sido furtados ou roubados recentemente. A dupla estaria cometendo uma onda de crimes que estão sendo investigados pela Polícia Civil em São Félix do Xingu. Os policiais agora tentam localizar as vítimas para devolver os itens subtraídos.
Imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos onde a dupla estava fazendo compras com o PIC e cartões roubados de uma vítima foi fundamental para localizar a dupla e recuperar os bens subtraídos (Foto: Câmeras de Segurança)

Há alguns dias, as polícias Militar e Civil em São Félix do Xingu, no sul do Pará, estavam recebendo relatos de crimes que estariam sendo cometidos por um casal. Na manhã desta terça-feira (23), o relato de uma vítima de roubo deu início a uma operação integrada que levou à prisão, em flagrante, de um homem e uma mulher que seriam os suspeitos dos crimes, identificados como M.L.M. (conhecido como “Loirinho do Morro”) e F.V.S., respectivamente. Com eles, vários itens foram apreendidos.

Eram aproximadamente 11h quando a guarnição 3601, do 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM), foi acionada por homem que disse que o pai dele havia sido vítima de roubo no setor Rodoviário, perto de uma academia. Os suspeitos era um homem e uma mulher em uma moto Honda Biz de cor rosa. Eles levaram alguns equipamentos, celular, documentos e cartões da vítima e estavam fazendo compras em estabelecimento comerciais com o celular e cartões dele.

Uma operação integrada das polícias Civil e Militar foi feita para capturar a dupla suspeita de uma onda de crimes em São Félix do Xingu (Foto: 36º BPM)

Os vídeos dos comércios ajudaram a identificar e localizar os suspeitos, que foram cercados pelas polícias Civil e Militar no setor São José, numa área conhecida como “Magenco”. A mulher, F.V.S. foi capturada na hora, mas M.L.M. conseguiu fugir. Após questioná-la, os policiais foram até um imóvel indicado por ela, onde estariam os itens roubados naquela manhã. Os agentes encontraram as coisas roubadas e a moto cor de rosa identificada pelas vítimas. A moça resistiu à prisão e havia indícios de possível consumo de drogas.

Na casa onde a primeira suspeita presa indicou, foram encontrados documentos e outros itens com indícios de furto ou roubo e os documentos roubados na manhã desta terça, 23 de janeiro (Foto: 36º BPM)

O cerco policial continuou até a madrugada desta quarta-feira (24) para localizar o comparsa de F.V.S. e ele foi avistado na avenida Pará e tentou escapar mais uma vez. A perseguição seguiu pelo saguão de uma casa, onde M.L.M., o chamado de “Loirinho do Morro”, foi finalmente capturado. Com ele, foram encontrados um facão, uma serra circular (Makita), uma furadeira e várias outras ferramentas que os policiais acreditam ser fruto de outros crimes.

A dupla — eles aparentemente não são um casal — e os produtos apreendidos com eles foram apresentados na Delegacia de São Félix do Xingu, onde a Polícia Civil aguarda outras possíveis vítimas e proprietárias dos itens recolhidos. F.M.S. e M.L.M. estão à disposição do Poder Judiciário. A origem da moto Biz rosa usada por eles também será investigada.

O Fato Regional sempre abre espaço para a defesa dos mencionados em casos policiais — se os advogados ou envolvidos acharem conveniente quaisquer manifestações —, garantindo amplo direito ao contraditório.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!