quarta-feira, 24 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Família é resgatada após megaoperação do 36º BPM em São Félix do Xingu; policiais seguem na busca de assaltantes

Uma mulher, os dois filhos dela e uma jovem foram feitos reféns após o roubo de uma caminhonete na vicinal Gameleira, no distrito Sudoeste, em São Félix do Xingu. Nesta sexta-feira (23), o patrulhamento rural do 36º Batalhão de Polícia Militar localizou a família e iniciou o cerco para capturar os assaltantes que fugiram para uma área de mata no distrito Ladeira Vermelha
Os reféns foram resgatados em segurança e o veículo roubado foi recuperado após uma grande operação que segue para a segunda etapa na tarde desta sexta-feira, 23 de fevereiro (Foto: 36º BPM)

Uma família que havia sido feita refém após o roubo de uma caminhonete (Hilux branca, placa QEI0H47), em São Félix do Xingu, no sul do Pará, foi resgatada nesta sexta-feira (23). Os assaltantes estavam em poder de uma mulher, os dois filhos dela e uma outra jovem. O 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sob o comando do capitão Júlio, agora segue em busca dos assaltantes que fugiram para uma área de mata no distrito Ladeira Vermelha. Houve troca de tiros com os criminosos.

A caminhonete foi roubada da vicinal Gameleira, no distrito Sudoeste, em São Félix do Xingu. A família estava em poder dos assaltantes e uma grande operação da Polícia Militar foi montada para resgatá-los, recuperar o veículo (Foto: Redes Sociais)

As informações iniciais sendo acompanhadas pelas polícias Civil e Militar apontam um segundo veículo, uma Hilux de cor verde, acompanhando os assaltantes que roubaram o veículo e fizeram a família refém. Após uma megaoperação cinematográfica entre São Félix do Xingu e Tucumã, a equipe do 36º BPM, na coordenação do capitão Júlio, conseguiu encurralar os assaltantes. Os policiais priorizaram a segurança dos reféns e agora partem para a segunda etapa da operação, que é a busca pelo bando.

“Nosso papel principal é a segurança da população e preservar vidas. Por isso estivemos totalmente empenhados no resgate dos reféns em segurança e recuperação do bem roubado. Após uma intensa perseguição e cerco por vários distritos, localizamos a família, garantimos que eles estavam em segurança e então partimos em busca dos suspeitos. Eles abandonaram o veículo roubado e conseguimos encurralar eles numa mata, onde seguimos em operação. Outra equipe está acompanhando as vítimas, agora seguras e em liberdade, para serem levadas de volta à família”, disse o capitão Júlio, parabenizado os policiais que atuaram na primeira etapa da operação e resgataram os reféns.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!