sexta-feira, 12 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Subseção Tucumã da OAB-PA tenta garantir que atendimentos do INSS de Ourilândia do Norte sejam retomados em março

Após uma série de medidas tomadas pela Subseção Tucumã da OAB-PA, na gestão de Luciano Corado, o INSS iria retomar totalmente os atendimentos presenciais na agência de Ourilândia do Norte em março. No entanto, no dia 19 de fevereiro, um homem que supostamente seria servidor do INSS, teria tido um surto psicótico e causado diversos danos na agência, caso em investigação pela Polícia Civil e que poderia atrasar a retomada dos serviços.
A sede do INSS de Ourilândia do Norte, que mais uma vez tem os atendimentos presenciais interrompidos e a Subseção Tucumã da OAB-PA tenta assegurar que os atendimentos sejam reiniciados em março (Foto: Fato Regional / Arquivo / Imagem Ilustrativa)

Após cerca de 2 anos, a agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em Ourilândia do Norte, no sul do Pará, retomou os atendimentos presenciais. A reabertura da agência foi fruto de representação da Subseção de Tucumã da Ordem dos Advogados dos Brasil (OAB-PA). No entanto, como informou Luciano Corado, presidente da subseção, um caso de polícia paralisou os serviços novamente: um homem, que supostamente seria um servidor, foi preso após um possível surto psicótico e que provocou danos à agência.

O caso ocorreu na última segunda-feira (19). A Polícia Civil, por nota, confirmou que o um homem foi preso e encaminhado para a Delegacia de Ourilândia do Norte após o suposto surto e autuado por dano qualificado à agência previdenciária. Até a noite desta quinta-feira (22), ele seguia preso e á disposição do Poder Judiciário. No entanto, os atendimentos na agência do INSS do município foram paralisados mais uma vez. A Redação do Fato Regional entrou em contato com a Previdência Social e aguarda retorno.

Luciano Corado destacou que diante dos fatos e como presidente da Subseção Tucumã da OAB, fez uma nova representação junto ao INSS e acionou a OAB estadual para buscar meios de retomar o atendimento da Previdência Social em Ourilândia do Norte. “Nós, através da Comissão de Direito Previdenciário, estamos tomando as medidas cabíveis junto à Ordem para que cobre da Superintendência Regional do INSS o mais rápido retorno dos serviços”, informou o presidente da subseção.

A expectativa era de que os atendimentos fossem retomados no próximo mês de março, mas agora há incerteza desse prazo. Enquanto isso, trabalhadores contribuintes da Previdência Social seguem sem o atendimento presencial no polo de Ourilândia do Norte. Uma das agências mais próximas seria a de Redenção, a quase 400 quilômetros de distância de Ourilândia, polo que atende outros municípios da região da PA-279.

ATUALIZAÇÃO ÀS 18H30 DESTA SEXTA-FEIRA

Por nota enviada ao Fato Regional, o INSS informou que “…toma medidas junto à Polícia Federal, Procuradoria Federal e Justiça Federal quanto à depredação da agência de Ourilândia do Norte, ocorrida na última segunda-feira (19). Quanto à reabertura da unidade, a Gerência-Executiva do INSS em Marabá tem empenhado esforços, mas ainda não há previsão de retomada do atendimento”.

“Enquanto a situação se resolve, o instituto recomenda atendimento presencial (com agendamento prévio) para as agências de Xinguara, Redenção ou Parauapebas. Também é possível solicitar serviços e benefícios pelo site e aplicativo Meu INSS ou pelo telefone 135”, diz a nota do INSS.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!