sexta-feira, 1 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Governador Helder Barbalho anuncia projeto de lei para novo piso salarial de professores em 2024

O Governo do Pará afirma que assume posição pioneira ao enviar um projeto de lei, já para o início do ano legislativo da Alepa, para que os salários de professores da rede estadual tenham o segundo maior valor inicial do Brasil, com R$ 8.289,87, e a média de R$ 11.447,48, que seria o mais alto do país. As novas remunerações já devem ser pagas em abril.
O Governo do Pará garante que as novas remunerações estão acima dos pisos estabelecidos pelo Governo Federal e já serão pagos em abril deste ano (Foto: Alex Ribeiro / Agência Pará / Imagem Ilustrativa)

Professores da rede estadual terão um novo piso salarial, que foi anunciado pelo governador Helder Barbalho (MDB). O governo deve enviar o projeto de lei para a Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa) no dia 6 de fevereiro, na abertura do ano legislativo. Na proposta, a remuneração inicial dos professores será de novo valor inicial de R$ 8.289,87, mais R$ 1.000,00 em vale-alimentação. O salário médio será de R$ 11.447,48.

“Vou dar um spoiler aqui: terça-feira estarei na Assembleia Legislativa para o início do ano letivo e levarei a lei já garantindo que o Estado do Pará vai pagar o piso do magistério de 2024 para os nossos professores. Quando chegar a data-base, que é 1º de abril, esses novos valores já estarão garantidos, mantendo nosso compromisso de pagar o piso do magistério”, afirmou o governador do Helder Barbalho.

Dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Governo Federal, e do Movimento Profissão Docente apontam que a remuneração inicial será a segunda maior do Brasil e o salário médio será o mais alto do país.

“Essa é uma grande notícia para todos os nossos professores da rede estadual. Nós já pagamos o maior salário médio do Brasil, mas o governador Helder Barbalho também vai garantir, para esse ano, mais um aumento, considerando o reajuste do piso do governo federal que paga mais de 40% a menos do que pagamos no salário inicial dos nossos professores. Educação também se faz com reconhecimento dos nossos profissionais. Avançamos muito em 2023, mas já estamos avançando mais ainda em 2024!”, afirmou Rossieli Soares, secretário de Estado de Educação do Pará.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!