sexta-feira, 24 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Idoso sofre tentativa de homicídio em São Félix do Xingu; suspeito é preso com sangue nas mãos com armas e munições

A.P.S., de 68 anos, foi atacado com golpes de facão e a Polícia Civil investiga as circunstâncias da tentativa de homicídio. O Reginaldo Conceição Lima estava com a provável arma do crime e com ele foram apreendidas munições, armas e sementes de maconha
Armas e munições apreendidas com o suspeito da tentativa de homicídio em São Félix do Xingu (Foto: 36º BPM)

Na noite de sábado (13), A.P.S., de 68 anos, foi vítima de uma tentativa de homicídio com golpes de facão, em São Félix do Xingu, no Sul do Pará. O principal suspeito foi preso e identificado como Reginaldo Conceição Lima, que estava ainda com sangue nas mãos. Na casa dele, foram encontradas armas, munições e sementes de maconha. A ação foi do 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sob o comando do capitão Júlio.

Eram quase 21h quando uma equipe do 36º BPM foi acionada por uma funcionária da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), relatando que o senhor A.P.S. havia dado entrada, com ferimentos graves, caracterizando uma tentativa de homicídio. Após falarem com o socorrista do Samu 192 que resgatou a vítima, os policiais foram à avenida Ceará, setor Centro, em busca do suspeito. Foi quando encontraram Reginaldo na frente da casa dele e com um facão.

Reginaldo estava ainda com sangue nas mãos e com um facão quando foi abordado pela PM (Foto: Redes Sociais)

Na busca pessoal, os policiais também encontraram uma faca e 5 munições de calibre .20. Dentro da casa dele, foram encontradas as sementes de Cannabis sativa, 34 munições de calibre .22 e uma espingarda calibre .22. O material foi apreendido e o suspeito apresentado à Delegacia de São Félix do Xingu. Reginaldo está à disposição do Poder Judiciário.

O Fato Regional respeita o princípio da presunção de inocência e sempre abre espaço para a defesa dos mencionados em casos policiais — se os advogados ou envolvidos acharem conveniente quaisquer manifestações —, garantindo amplo direito ao contraditório.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!