Indicado por Lula, Cristiano Zanin assume a vaga de ministro do STF nesta quinta-feira (03/08)

Zanin foi indicado por Lula para a vaga de Ricardo Lewandowski, que se aposentou em abril. O advogado poderá ficar no cargo por até 27 anos.
O advogado Cristiano Zanin poderá ficar no cargo como ministro do STF por até 27 anos (Foto Lula Marques / Agência Brasil)

O advogado Cristiano Zanin será empossado como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (3). O novo ministro  vai substituir Ricardo Lewandowski, que, em abril, se aposentou compulsoriamente ao completar 75 anos. A cerimônia foi marcada para 16h e deve durar cerca de 15 minutos.

Estarão presentes amigos e familiares de Zanin, além de ministros do governo federal, parlamentares e autoridades do Judiciário. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) confirmou presença no evento. A sessão será aberta pela presidente do STF Corte, ministra Rosa Weber.

Após a primeira parte da cerimônia, novo ministro Zanin prestará juramento de cumprir a Constituição e assinará o termo de posse. Não há previsão de discurso.

Zanin chegou ao Supremo após ser indicado por Lula. Ele foi sabatinado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e o plenário da Casa. Parlamentares aprovaram a i9ndicação. O novo ministro atuou como defensor de Lula nos processos da Operação Lava Jato.

Nascido em Piracicaba, Zanin tem 47 anos e é formado em direito pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Casado com a advogada Valeska Teixeira Zanin Martins, tem três filhos. Ele poderá permanecer na Corte por 27 anos.


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

(Da Redação do Fato Regional, com informações da Agência Brasil)

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar