sexta-feira, 1 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Nova Carteira de Identidade Nacional poderá ser solicitada no Pará a partir do dia 11 de janeiro

Os modelos antigos e atuais continuarão válidos até 2032 e não há urgência para a troca do documento, que agora terá o CPF e número único de registro para todo o território nacional, além de coleta biométrica e e outros dispositivos contra fraudes e falsificações
A emissão da nova carteira de identidade nacional terá apoio das Usinas da Paz, Estações Cidadania, prefeituras e vários outros pontos de apoio para que até 2032 todos os paraenses estejam com o novo modelo e os antigos RGs saiam de circulação (Foto: Bruno Cecim / Agência Pará)

A Polícia Civil do Pará lançou, nesta sexta-feira (5), o novo modelo de Carteira de Identidade Nacional (CIN). O documento é uma modernização do RG, que vai usar o número de CPF e unificar outros registros das 27 unidades da federação. Haverá versões física e digital (integrada à plataforma GOV.BR) e as solicitações poderão ser feitas a partir do dia 11 de janeiro pelo site da PC. As versões atuais ainda serão válidas até 2032.

ACESSE AQUI O SITE DA POLÍCIA CIVIL

O governador Helder Barbalho (MDB) informou que os documentos estarão sendo ofertados nas Usinas da Paz. “Nós estaremos ofertando através das Usinas da Paz, das Estações Cidadania de todos os postos de identificação existentes no Estado e também nos municípios, em parceria com as prefeituras, para que ao longo deste período, até 2032, cada cidadão possa recorrer ao serviço e fazer a transição do uso”, disse. A CIN tem vários dispositivos de segurança contra fraudes e falsificações.

“Este é um passo decisivo para facilitar a vida de cada cidadão e cidadã. Com esta carteira digital, o cidadão não precisará mais ter ao mesmo tempo carteira de habilitação, o seu CPF e o seu RG, tudo estará no mesmo local. Quando se tem um único documento, um único banco de dados, é uma importante ferramenta, um importante aliado para que nós possamos diminuir a criminalidade no nosso país”, destaca o governador Helder Barbalho.

O serviço será oferecido para a população de forma gradativa e vai funcionar por meio do Sistemas Automatizado de Identificação Biométrica (ABIS), cujo banco de dados terá abrangência nacional. Após a solicitação, o usuário deverá comparecer a um Posto de Identificação conforme a data de agendamento. O prazo para a emissão da nova carteira é de 10 dias após a realização da coleta biométrica. Para quem vai tirar a 1ª via, a emissão será gratuita. Em caso de 2ª via, será cobrada uma taxa, conforme a legislação vigente.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!