domingo, 14 de julho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Operação ‘Boa Noite’ em Tucumã e Ourilândia flagra adolescente com moto adulterada e condutor embriagado

A operação "Boa Noite" é uma ação recorrente do 36º BPM para prevenir e reprimir crimes em Tucumã e Ourilândia do Norte durante os finais de semana, momento em que mais pessoas saem de casa
A operação Boa Noite tem o objetivo de resguardar a segurança da população de Ourilândia do Norte e de Tucumã aos finais de semana (Foto: Neia Craveiro / Jucelino Show na Net)

O 36º Batalhão de Polícia Militar (BPM) deflagrou a operação “Boa Noite” no último final de semana, em Tucumã e Ourilândia do Norte, no sul do Pará. A ação mobilizou policiais na prevenção e repressão de crimes durante os períodos de maior vulnerabilidade nas duas cidades. Duas ocorrências chamaram a atenção durante a noite.

Várias abordagens foram feitas em barreiras policiais nas duas cidades (Foto: Neia Craveiro / Jucelino Show na Net)

 

Durante as barreiras, abordagens e fiscalizações em áreas vermelhas, vias de fluxo mais intenso e estabelecimentos comerciais, um adolescente foi flagrado conduzindo uma moto com placa adulterada. Obviamente, por ter 13 anos, ele não poderia conduzir qualquer veículo. A moto foi apreendida e o menino conduzido para o Conselho Tutelar.

Sem condições de conduzir o carro por estar alcoolizado, os próprios policiais apresentaram o veículo e o motorista à Polícia Civil (Foto: Neia Craveiro / Jucelino Show na Net)

 

Mais tarde, os policiais encontraram um motorista em condição suspeita. Ao abordarem o veículo, notaram que o condutor estava com sinais de embriaguez. Após encontrarem garrafas e latas de bebidas alcoólicas dentro do carro, o motorista confessou ter bebido. Ele foi apresentado à Polícia Civil para os exames e procedimentos cabíveis.

“A operação ‘Boa Noite’ tem o objetivo de resguardar a tranquilidade da população de Tucumã e Ourilândia do Norte nas noites dos finais de semana, que é quando a movimentação aumenta e algumas pessoas ficam mais vulneráveis. Montamos barreiras policiais, fazemos abordagens e conseguimos prevenir situações mais graves, como o motorista alcoolizado, que não coloca apenas a si mesmo em risco. Ele ameaça outras pessoas inocentes”, declarou o aspirante a oficial Melo.

(Da Redação do Fato Regional, com informações de Jucelino Show na Net)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!