domingo, 19 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Operação da PF em Redenção investiga fraudes no Seguro-Desemprego que desviaram R$ 780 mil

Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão. Pelas investigações, foram feitos 195 requerimentos fraudulentos para obtenção do benefício que é voltado para pessoas que perderam o emprego. Operação em Redenção é um desdobramento de uma ação da PF em Goiás, em outubro de 2023, que prendeu agentes do Sine.
195 requerimentos para obter o benefício são considerados suspeitos de fraude e podem ter resultado num prejuízo de R$ 780 mil (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

A Polícia Federal deflagrou uma operação para combater fraudes ao Seguro-Desemprego, na manhã desta quarta-feira (24/4), em Redenção, no Sul do Pará. Foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão resultando na apreensão de um celular, veículo e HD externo. As investigações apontam que 195 requerimentos para o benefício são suspeitos de fraudes que podem somar R$ 780 mil aos cofres públicos.

“A ação no Pará visa combater um dos núcleos responsáveis pelas fraudes ao Seguro-desemprego. São pessoas suspeitas de criação de vínculos empregatícios falsos, para depois simular a demissão e então, requerer o benefício. A investigação partiu de operação da PF em Goiás, em outubro do ano passado. Por meio dela, foram indiciados e presos agentes públicos vinculados ao Sistema Nacional de Emprego (SINE), suspeitos de executar o esquema criminoso”, diz nota da Polícia Federal sobre a ação em Redenção.

Para a Polícia Federal, o próximo passo das investigações é provar as responsabilidades dos supostos fraudadores, recuperar os recursos públicos desviados e evitar novos prejuízos para um benefício que é voltado a atender trabalhadores que ficaram desempregados.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!