sábado, 20 de julho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Pesquisa aponta Vale como 2ª empresa mais desejada para se trabalhar no Brasil; veja como acessar vagas

Para a administração da mineradora, o resultado é fruto do investimento em diversidade, inovação e soluções sustentáveis que conectam o propósito do negócio ao das pessoas
A Vale, segundo estudo, é a segunda empresa mais desejada para se trabalhar no Brasil (Foto: Ascom / Vale)

A Vale é a segunda empresa mais desejada para se trabalhar no Brasil. É o que mostra a pesquisa Carreira dos Sonhos, divulgada na semana. passada. O estudo conduzido pela Companhia de Talentos consultou mais de 90 mil pessoas. A partir de citações espontâneas, as 10 empresas mais desejadas por estudantes e profissionais de todas as regiões do Brasil foram rankeadas.

Em 2022 a empresa havia ocupado o quinto lugar no mesmo ranking. A evolução está relacionada ao investimento em soluções sustentáveis para a mineração e na centralidade das pessoas na estratégia da Vale.

“Promoção de diálogo aberto e transparente, estímulo ao aprendizado contínuo e investimento em diversidade, equidade e inclusão são algumas das nossas prioridades. O avanço nessa jornada nos últimos anos certamente contribuiu para que a Vale seja vista como uma empresa que valoriza as pessoas e, portanto, é desejada por estudantes e profissionais”, avalia Marina Quental, vice-presidente executiva de Pessoas da Vale.

Para Mariana, a Vale também trilha um caminho para ser cada vez mais sustentável, enfrentando o desafio de contribuir para a transição energética e a descarbonização com soluções inovadoras e investimentos em tecnologia que atraem profissionais com desejo de atuar em organizações que geram impacto positivo na sociedade.

“O propósito da Vale de melhorar a vida e transformar o futuro está conectado ao propósito dos melhores talentos. Essas pessoas também buscam oportunidade de desenvolvimento de carreira e ambiente de trabalho plural e inovador, algo que também temos buscado oferecer cada vez mais”, aponta a vice-presidente executiva de Pessoas da Vale.

Marina Quental, vice-presidente executiva de Pessoas na Vale. (Foto: José Palma / Vale)

 

Dentro de casa, a líder técnica de suprimentos Fabiana Paixão é um exemplo de empregada orgulhosa de viver a transformação cultural da empresa. “Atualmente, temos a oportunidade de discutir abertamente os desafios para a equidade de gênero, algo que não ocorria há 12 anos quando ingressei na empresa. Sinto-me feliz em ser parte dessa jornada de transformação cultural”, ressalta Fabiana, que também integra o Grupo de Afinidade de Gênero da empresa.

Uma das metas da Vale é dobrar a representatividade de mulheres em sua força de trabalho até 2025 e de chegar a 40% das posições de liderança ocupadas por pessoas negras até 2026. Para saber mais sobre carreira na Vale visite o site: www.vale.com/oportunidades

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!