domingo, 19 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

PF investiga organizações criminosas em 11 estados; no Pará, alvos estavam em Tucumã, São Félix do Xingu, Redenção e Xinguara

As organizações criminosas, como aponta a Polícia Federal, atuava nos 11 estados, praticando crimes de tráfico internacional de drogas e armas, evasão de divisas, falsificação de documentos públicos e tortura. As investigações levaram 3 anos, período no qual os suspeitos movimentaram cerca de 6 toneladas de cocaína para países da América Central.
Na operação foram apreendidas armas, munições e vários bens, além de documentos que podem comprovar os crimes investigados (Foto: Polícia Federal)

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (15), as operações “Sordidum” e “Prime”, ambas com o objetivo de combater organizações criminosas dedicadas ao tráfico internacional de drogas e armas, evasão de divisas, falsificação de documentos públicos, tortura, dentre outros crimes. As ações ocorreram em 11 unidades da federação, incluindo o Pará, onde foram cumpridos mandados em Tucumã, Redenção, São Félix do Xingu e Xingu, todos no sul do estado.

“O grupo investigado remetia drogas a países da América Central, estimando-se que tenha havido o transporte de pelo menos 6 toneladas de cocaína no decorrer dos três anos de investigações. Para movimentação e ocultação dos valores e bens, o grupo utilizava doleiros atuantes na fronteira do Brasil com países vizinhos, além da criação de empresas de fachada, negócios dissimulados e pessoas interpostas”, diz nota da PF sobre as ações.

Além do Pará, foram cumpridos mandados nos estados de Alagoas, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraíba e São Paulo e Mato Grosso do Sul. Foram empenhados 273 agentes para o cumprimento de 64 mandados de busca e apreensão, 25 mandados de prisão preventiva, 11 mandados de prisão temporária, sequestro de cerca de 90 imóveis identificados e bloqueio de bens e valores em desfavor de cerca de 80 pessoas e empresas envolvidas.

Bens apreendidos nas operações realizadas em 11 estados nesta quarta-feira (Foto: Polícia Federal)

A PF do Mato Grosso confirmou apenas os municípios de cada estado onde ocorreram as operações, mas não detalhou quantos em cada local. Fontes do Fato Regional apontam que duas pessoas foram presas no Pará, mais especificamente em Redenção. Porém, como se trata de uma operação muito robusta e lidando com organizações muito perigosas, os nomes e outras informações devem ser mantidas em sigilo.

Veja todos os locais onde foram cumpridos os mandados:

Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Dourados
Ponta Porã
Caarapó
Bonito

Bahia
Lauro de Freitas

Alagoas
Boca da Mata

Rio de Janeiro
Duque de Caxias

Santa Catarina
Itapema
São José
Palhoça

Goiás
Minaçu
Goiânia

Pará
São Félix do Xingu
Xinguara
Tucumã
Redenção

Paraná
Cruzeiro do Sul
Ibaiti
Maringá
Curitiba

Mato Grosso
Confresa
Barra do Garças
Guiratinga
Tesouro

São Paulo
Santa Fé do Sul

Paraíba
João Pessoa

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!