domingo, 3 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Preço do Boi Gordo no sul e sudeste do Pará segue estável na segunda semana de 2024; veja cotação em São Félix do Xingu, Redenção e Água Azul do Norte

Paragominas e Água Azul do Norte seguem como os municípios com maior valorização do gado neste começo de 2024, mas ainda distantes da cotação nacional que passa dos R$ 250
Confira os preços desta semana do boi gordo em Água Azul do Norte, Redenção, São Félix do Xingu, Paragominas e Marabá (Foto: Bruno Cecim / Agência Pará / Arquivo / Imagem Ilustrativa)

Na segunda semana de 2024, o preço do boi gordo manteve certa estabilidade. Nesta sexta-feira (12), a cotação nacional esteve na marca de R$ 250,95, uma variação bem pequena em relação à semana anterior. No entanto, nas regiões sul e sudeste do Pará, onde a pecuária é mais forte no estado, os melhores preços ainda estão distantes da arroba do mercado nacional.

No levantamento do Fato Regional junto a frigoríficos e análises de mercado de instituições especializadas, Paragominas segue com a arroba do boi gordo mais valorizada das regiões sul e sudeste do Pará, seguido de Água Azul do Norte. Em outros estados produtores, os estoques e preços também mantêm estabilidade.

Confira os preços da arroba do boi gordo nas principais praças do sul e sudeste do Pará nesta sexta-feira (12/01)

Água Azul do Norte

  • Boi China: R$ 215
  • Novilho China: R$ 205

São Félix do Xingu

  • Boi gordo: R$ 200

Marabá

  • Boi gordo: R$ 210
  • Vaca gorda: R$ 195

Paragominas

  • Boi gordo: R$ 220,50
  • Vaca gorda: R$ 211

Redenção

  • Boi gordo: R$ 202
  • Vaca gorda: R$ 187

FONTES: FRIGOL, CEPEAMELHOR CÂMBIO E AGROLINK

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!