quarta-feira, 24 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Prefeitura de Ourilândia do Norte lamenta morte do pastor Gilberto Marques e decreta luto oficial de 3 dias

O pastor de 81 anos tinha uma longa história de atuação, projetos sociais e liderança da Assembleia de Deus no Brasil e era presidente da Convenção de Ministros e Igrejas Evangélicas das Assembleias de Deus do Pará. Em 2012, ele chegou a ser indicado ao Prêmio Nobel da Paz. Ele faleceu na noite desta sexta-feira (22)
O pastor Gilberto Marques de Sousa faleceu aos 81 anos e deixa um legado de contribuições para a igreja Assembleia de Deus (Foto: Reprodução / Instagram)

O pastor Gilberto Marques de Sousa, presidente da Convenção de Ministros e Igrejas Evangélicas das Assembleias de Deus do Pará (Comieadepa), morreu na noite desta sexta-feira (22), aos 81 anos. Em Ourilândia do Norte, o prefeito Dr. Júlio (MDB) decretou luto oficial e lamentou o falecimento de um dos principais líderes da igreja no estado e com reconhecimento nacional e internacional. O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), decretou luto oficial de três dias.

Gilberto Marques foi ordenado pastor em 1979, como auxiliar da Assembleia de Deus de Icoaraci, distrito de Belém. De 1979 a 1982, presidiu a Assembleia de Deus de Soure, no arquipélago do Marajó. Atuou também em Capanema e Ananindeua, no nordeste do estado. Fez parte também do Conselho Regional Norte da Assembleia de Deus, por dois mandatos. Foi secretário e vice-presidente da Mesa Diretora por vários mandatos e um dos marcos da carreira foi a indicação ao Prêmio Nobel da Paz, em 2012, pela atuação em projeto sociais e discurso pacificador.

Veja também a nota de pesar do governador Helder Barbalho:

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!