sexta-feira, 1 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Prefeitura de Ourilândia rebate acusação sobre supostos maus-tratos e abandono no Centro de Controle de Zoonoses

Vídeo que circula nas redes sociais acusa a Prefeitura de Ourilândia do Norte de não cuidar e acolher cães que foram abandonados numa caixa ao lado do Centro de Controle de Zoonoses e de deixar animais com fome e sede. A gestão do prefeito Dr. Júlio e Alessandro diz se tratar de denúncia forjada.
O Centro de Controle de Zoonoses de Ourilândia, garante o prefeito Dr. Júlio, é um espaço limpo e adequado para receber animais em tratamento (Foto: Divulgação)

Um vídeo começou a circular nas redes sociais, na região de Ourilândia do Norte, com uma denúncia de supostos abandono e maus-tratos a animais no Centro de Controle de Zoonoses do município. Uma caixa com filhotes de cachorros foi deixada no espaço e a pessoa que gravou o vídeo disse que se tratava de descaso e abandono, além de afirmar que os animais do centro estavam sem comida ou água. A gestão do prefeito Dr. Júlio (Avante) e Alessandro (Avante) rebateu as acusações e disse que vai tomar providências.

O prefeito Dr. Júlio disse que a pessoa que invadiu, abandonou e forjou a denúncia de abandono e maus-tratos no Centro de Controle de Zoonoses de Ourilândia do Norte já foram identificadas e as providências legais estão sendo tomadas (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Também por vídeo, a diretora do Centro de Controle de Zoonoses e um funcionário do espaço explicam que o local é limpo, tem alimentação suficiente para os animais em tratamento. Os cachorrinhos abandonados foram resgatados e estão sob os cuidados do centro. Os servidores do CCZ destacam que os filhotes foram abandonados dentro da caixa, do lado de fora do prédio, no horário de almoço. Nesse horário, os profissionais não estavam.

Por vídeo, servidores do CCZ mostram o espaço e garantem que há alimentação, água e limpeza no local para cuidar dos animais que estão sob responsabilidade do município (Foto: Divulgação)

Ao Fato Regional, o prefeito Dr. Júlio reforçou que o Centro de Controle de Zoonoses foi invadido por pessoas que deixaram os cães no horário em que não havia ninguém no local. Os animais foram colocados numa área quente, perto do sol de meio-dia, e obviamente alguns não sobreviveram. A pessoa, diz ele, fez o vídeo com o intuito de forjar uma denúncia de cunho político-eleitoral. Porém, foi essa pessoa que cometeu o crime ambiental de maus-tratos e pode responder por calúnia e difamação.

“Já identificamos a pessoa que fez esse vídeo e vamos tomar as providências legais sobre essa ação criminosa. Tão logo os servidores do CCZ retornaram, socorreram os cachorrinhos que ainda estavam vivos. Eles estão sendo tratados e quando se recuperarem, vão ser colocados para adoção. E reitero: o CCZ é um espaço muito limpo e os animais que estão sob os cuidados dos profissionais são bem alimentados e cuidados”, explicou o prefeito de Ourilândia do Norte.

Ainda por vídeo de resposta às acusações de supostos maus-tratos e abandono, os servidores do Centro de Controle de Zoonoses convidam as pessoas para conhecer o espaço e tirarem as próprias conclusões sobre o tratamento dado aos animais.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!