Preso em Xinguara, golpista com extensa ficha criminal

O acusado já responde a sete processos sob acusação de homicídio, roubo e estelionato.

A Polícia Civil de Rio Maria, cumpriu nesta quinta-feira, 9, em Xinguara, durante a Operação “Conto do Vigário”, Mandado de Prisão Preventiva contra Tacary Correia Duarte, após representação do Delegado Carlos César, pela prática de estelionato.

A prisão é fruto de trabalho de investigação desencadeado pela Polícia Civil de Rio Maria, iniciada após uma vítima comparecer à DP e informar que Tacary vendeu-lhe, pelo valor de R$ 1.500,00 uma motocicleta roubada.

As investigações apontaram que o acusado é reincidente nesse tipo de crime e que ele possui extensa ficha criminal, respondendo a sete processos sob acusação de homicídio, roubo e estelionato.


As investigações, apontaram, ainda, que Tacary é “administrador” de diversos grupos de WhatsApp, onde expõe à venda vários objetos de origem criminosa, tais como motocicletas e celulares roubados, entre outros. Além de praticar diversos golpes, induzindo várias pessoas ao erro, causando-lhes prejuízos financeiros.

 

Com informações do Blog do João Carlos

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar