quarta-feira, 24 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Suspeito de dois latrocínios é preso em Ourilândia do Norte

O crime pelo qual o suspeito era procurado foi cometido no dia 23 de janeiro, em Bannach. O homem, como apontam as investigações, teria roubado dinheiro, ouro e armas da vítimas que foi assassinada. Na Delegacia de Ourilândia, a PC encontrou um mandado de prisão por um latrocínio ocorrido em fevereiro contra um servidor público em Abaetetuba, nordeste do Pará.
Durante a operação 'Justiça de Sangue', o suspeito foi flagrado com uma espingarda de pressão e drogas, além de ter sido encontrado um segundo mandado de prisão pelo crime de latrocínio (Foto: Polícia Civil)

Jorbison Carvalho da Silva, suspeito de cometer dois latrocínios — quando a vítima do crime é roubada e morta — foi preso em Ourilândia do Norte, no sul do Pará. Ele era alvo da operação conjunta “Justiça de Sangue”, da Polícia Civil de Bannach e de Ourilândia. Havia dois mandados de prisão contra ele pelo mesmo crime.

A operação foi deflagrada na última quinta-feira (7). O mandado de prisão que seria cumprido na “Justiça de Sangue” foi referente a um latrocínio ocorrido em Bannach, no dia 23 de janeiro. Da vítima foram roubados uma grande quantia em dinheiro, além de quatro armas e ouro.

No momento da prisão, o suspeito foi encontrado com uma espingarda de pressão e certa quantidade de entorpecentes, o que resultou na prisão em flagrante por outros crimes. Na delegacia, os agentes da Polícia Civil encontraram o segundo mandado de prisão contra ele, por outro latrocínio que aconteceu em Abaetetuba, no mês de fevereiro, contra um servidor público.

O suspeito está à disposição do Poder Judiciário. O Fato Regional respeita o princípio da presunção de inocência e sempre abre espaço para a defesa dos mencionados em casos policiais — se os advogados ou envolvidos acharem conveniente quaisquer manifestações —, garantindo amplo direito ao contraditório.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!