sábado, 15 de junho de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Taboca amanhece com comércio fechado e ato contra desintrusão na Apyterewa, em São Félix do Xingu

A manifestação ocorre perto da ponte do Bequimã, na estrada que dá acesso à vila Renascer, na Apyterewa, principal palco da operação de desintrusão
O ato contra a desintrusão da Apyterewa nesta quinta-feira, quarto dia da operação, mobilizou comerciantes e moradores do distrito da Taboca (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

O distrito Taboca, em São Félix do Xingu, no sul do Pará, amanheceu com o comércio fechado nesta quinta-feira (5). Comerciantes e moradores convocaram uma manifestação contra a desintrusão na Apyterewa. A operação chega ao quarto dia, com o objetivo de retirada de cerca de 2 mil famílias não indígenas da área, que será destinada ao povo Parakanã. O ato ocorre perto da ponte do Bequimã, com barracas e palavras de apoio às pessoas que estão sendo expulsas.

A manifestação foi convocada na tarde desta quarta-feira (4), pela associação comercial do distrito da Taboca. A desintrusão não só afetou o comércio local, como também tirou a paz de moradores da região devido à intensa mobilização de forças de segurança pública. Há constante temor de confronto com as famílias que moram na vila Renascer, um dos povoados que existe na Apyterewa e principal palco da operação iniciada na segunda-feira (2).

A estrada que dá acesso à região da Apyterewa foi fechada por conta da manifestação.

O Fato Regional está acompanhando todos os eventos da operação de desintrusão da Apyterewa, tanto em São Félix do Xingu quanto as movimentações em Brasília. Acompanhe!

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!