domingo, 3 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Tucumã, Rio Maria e Água Azul do Norte entram para o Mapa do Turismo Brasileiro; Pará chega a 50 cidades no sistema

O sul do Pará agora tem 8 municípios no Mapa do Turismo Brasileiro e Tucumã é um dos destaques após vários investimentos em turismo e cultura promovidos pela gestão do prefeito Dr. Celso Lopes
O município de Tucumã passa a integrar o Mapa do Turismo Brasileiro devido ao esforço da gestão do prefeito Dr. Celso em investir em turismo, cultura e lazer (Foto: Prefeitura de Tucumã / Arquivo)

Mais 3 municípios do sul do Paráregião de integração do Araguaia — entraram para o Mapa Brasileiro Turismo: Tucumã, Rio Maria e Água Azul do Norte. A informação foi confirmada pelo Ministério do Turismo, que tem à frente o ministro paraense Celso Sabino (União Brasil), e pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur). Com isso, o Pará chega a 50 cidades no sistema que auxilia nas políticas públicas de desenvolvimento de programas turísticos.

Atualmente, com a entrada de Tucumã, Rio Maria e Água Azul do Norte, a região sul do Pará conta com 8 municípios no Mapa do Turismo Brasileiro, incluindo Santana do Araguaia, Xinguara, São Félix do XinguConceição do Araguaia e Redenção. Algumas dessas cidades tiveram visitas recentes do ministro Celso Sabino.

A gestão do prefeito de Tucumã, Dr. Celso Lopes (PSDB), tem feito um investimento histórico nas políticas públicas de desenvolvimento da cultura, do turismo e do lazer. O prefeito sempre destaca que o investimento nessas áreas é uma importante forma de aquecer a economia, além de atrair investimentos devido à visibilidade e dar mais qualidade de vida e bem-estar à população.

O prefeito Dr. Celso Lopes e o ministro Celso Sabino formam uma parceria importante e que resultou na inclusão de Tucumã no Mapa do Turismo Brasil (Foto: Ascom PMT)

Além de Tucumã, Rio Maria e Água Azul do Norte, os cadastros mais recentes de municípios do Pará no Mapa do Turismo Brasileiro foram Salinópolis, Salvaterra, Itaituba, Trairão, Aveiro, Maracanã, Tucuruí, Cametá, Piçarra e Portel. A Setur é a responsável por analisar e encaminhar ao MTur os pedidos de inclusão no sistema. Após a inclusão, o registro terá validade de um ano, que poderá ser renovado.

Para integrar o Mapa, os municípios precisam cumprir requisitos obrigatórios de estruturação de gestão municipal:

  • comprovar a existência de órgão ou entidade municipal responsável pela pasta de Turismo
  • comprovar a existência de dotação orçamentária destinada ao turismo
  • possuir prestadores de serviços turísticos em situação regular no Sistema de Cadastro dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur)
  • comprovar a existência de uma instância de governança regional no turismo ativa, como um conselho, fórum, comitê ou associação
  • apresentar termo de compromisso nos moldes do Ministério do Turismo
  • aderir, de forma espontânea e formal, ao Programa de Regionalização do Turismo.

Para Hugo Almeida, gerente de Estruturação dos Destinos Turísticos da Setur, a visibilidade proporcionada pelo Mapa do Turismo Brasileiro contribui para a atração de turistas, acesso a recursos e financiamentos específicos para o desenvolvimento do turismo oferecidos pelo MTur, impulsionando a economia local e garantindo ações sustentáveis e benéficas tanto para os turistas quanto para a comunidade local.

“A presença no Mapa confirma a organização municipal para a gestão do turismo, tornando-o apto para a captação de recursos em áreas como infraestrutura, promoção, capacitação e gestão turísticas”, explica o secretário de Estado de Turismo do Pará, Eduardo Costa.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional, com informações da Agência Pará)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!