domingo, 3 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Valdemar Costa Neto, presidente do Partido Liberal, ao qual Jair Bolsonaro é filiado, é preso por posse ilegal de arma

Num dos endereços do presidente do partido ao qual Jair Bolsonaro e alguns dos filhos dele são filiados, a Polícia Federal encontrou uma arma com documentação vencida e em nome de um dos filhos de Valdemar Costa Neto. Possivelmente, o líder do PL não deve permanecer preso por muito tempo, mas as buscas e apreensões nos endereços ligados a ele seguem
Valdemar Costa Neto foi alvo da operação Tempus Veritatis, da Polícia Federal, que durante as buscas encontrou uma arma em situação ilegal na casa do presidente do Partido Liberal, o PL, ao qual Jair Bolsonaro é filiado (Foto: Beto Barata / PL / Arquivo)

O presidente do Partido Liberal (PL), Valdemar Costa Neto, foi preso em flagrante pela Polícia Federal, na manhã desta quinta-feira (8),  por posse ilegal de arma de fogo. Ele foi detido durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão relacionados à operação “Tempus Veritatis”, que investiga os atos antidemocráticos e tentativa de golpe de estado do dia 8 de janeiro de 2023. A arma estava num dos endereços ligados ao líder do partido ao qual o ex-presidente Jair Bolsonaro é filiado.

A arma encontrada pela Polícia Federal num dos endereços de Valdemar Costa Neto estava com documentação vencida e registrada em nome de um filho dele. O presidente do PL foi encaminhado para a sede da Polícia Federal, em Brasília, para prestar depoimento. Possivelmente, ele será liberado nas próximas horas e deve ficar sob monitoramento. As ações da operação “Tempus Veritatis”, que mira militares e parceiros políticos de Jair Bolsonaro, segue.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!