sexta-feira, 12 de abril de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

VÍDEO: motorista de caminhão atropela e mata onça pintada na PA-279, em Ourilândia do Norte

Uma onça pintada foi atropelada e morta na rodovia PA-279, perto do Aeroporto de Ourilândia do Norte, no sul do Pará. O acidente ocorreu no domingo (18), por volta das 10h, quando um caminhão atingiu o animal que tentava atravessar a pista. Condutores e moradores da área ficaram compadecidos pela morte da onça, espécie que corre risco de extinção, e que está sendo investigada pela Polícia Civil.
Algumas pessoas tentaram ver se conseguiram resgatar a onça pintada, mas ela não resistiu por muito tempo após ter sido atropelada, perto do Aeroporto de Ourilândia do Norte, na PA-279 (Foto: Seu Domingos / Acervo Pessoal)

Uma onça pintada foi atropelada e morta na rodovia PA-279, perto do Aeroporto de Ourilândia do Norte, no sul do Pará. O acidente ocorreu no domingo (18), por volta das 10h, quando um caminhão atingiu o animal que tentava atravessar a pista. Condutores e moradores da área ficaram compadecidos pela morte da onça, espécie que corre risco de extinção, e que está sendo investigada pela Polícia Civil.

Um homem identificado como Domingos relatou que estava indo para um sítio quando viu o atropelamento ocorrer. Ele disse ter visto que o acidente envolvia um caminhão, perto da propriedade rural do senhor Altino, no sentido Água Azul do Norte. O motorista, no entanto, não parou. A princípio, seu Domingos achou que era um cachorro e ficou surpreso quando viu se tratar de uma onça.

O animal pesava cerca de 50 quilos e acabou morrendo pouco depois. Rapidamente, várias pessoas se aproximaram para ver a onça de perto. As polícias Civil e Militar foram acionadas e solicitaram a remoção do animal. Por essa razão, as autoridades sempre chamar atenção para que os limites de velocidade sejam respeitados e que condutores tenham atenção para evitar acidentes com animais silvestres.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!