domingo, 3 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Após atuação do deputado Torrinho, Equatorial dá resposta para problemas de energia no KM 7 e no Carapanã, em São Félix do Xingu

O deputado estadual Torrinho Torres reforçou o porquê usa o lema do 'mandato de que dá resultado': foi só levar as reclamações sobre a instabilidade na energia elétrica em São Félix do Xingu, à tribuna da Alepa, que a Equatorial rapidamente encontrou solução. O parlamentar segue atento à qualidade dos serviços da empresa.
O deputado estadual Torrinho Torres garantiu continuar trabalhando a serviço do povo, para todas as classes, e atento ás demandas da população do sul do Pará (Foto: Ozéas Santos / Alepa)

Nos últimos meses, o deputado estadual Torrinho Torres (Podemos) tem atuado incansavelmente para encontrar uma solução para os problemas de energia elétrica em comunidades de São Félix do Xingu, no sul do Pará. Foram várias reuniões com a Equatorial, inclusive na companhia de vereadores do parlamento xinguense. Na falta de respostas mais efetivas, ele levou o problema à tribuna da Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa). Foi então que a empresa rapidamente deu retorno.

“Disse que estava de olho nas ações da Equatorial e acompanhando o sofrimento dos moradores do KM 7 e da área das fazendas. Era um problema pequeno, mas que estava causando muito transtornou e prejuízo enorme. Fui à Equatorial, não deu resultado e usei a tribunal da Alepa. Falei que ia fiscalizar e logo entrou em contato o responsável de Marabá, que disse que trocou a chave do KM 7 e religador no Carapanã”, comentou Torrinho.

As reuniões começaram em novembro de 2023. Torrinho se reuniu com Álvaro Bressan (diretor da Equatorial) junto a vereadores de São Félix do Xingu para falar sobre os problemas nos distritos Sudoeste, Lindoeste e Taboca, da vila Cascalheira, do setor Planalto e da comunidade do quilômetro 7. No KM 7, destacou o deputado, o problema se arrastava há cerca de um ano.

Após as respostas dadas, o representante da Equatorial garantiu que estaria atento e que o deputado Torrinho poderia seguir monitorando se ainda haveria algum problema, pois seria rapidamente resolvido. “Isso é muito importante, pois mostra que nossa voz está sendo ouvida. Por isso digo que apesar de ter tido meus funcionários, hoje eu sou um funcionário. Um funcionário do povo do Pará. Meu gabinete está aberto para atender do mais alto empresário ao pequeno produtor. É o mandato que dá resultado”, concluiu.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!