sexta-feira, 24 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Bando esfaqueia homem até a morte em Xinguara

Uma faca foi encontrada no local onde Marcos Vinícius Cruz Silva foi assassinado. Testemunhas apontam que pelo menos 4 pessoas estão envolvidas no homicídio ocorrido na manhã desta sexta-feira (10), no setor Novo Horizonte.
Os socorristas do Samu 192 apenas puderam constatar o óbito da vítima (Foto: Reprodução / Redes Sociais / WhatsApp Fato Regional)

Um homem identificado como Marcos Vinícius Cruz Silva, de 23 anos, foi morto a facadas na manhã desta sexta-feira (10), em Xinguara, no Sul do Pará. As polícias Civil e Militar estão em diligências para localizar possíveis suspeitos e compreender a motivação crime ocorrido no setor Novo Horizonte. Testemunhas apontam que pelo menos 4 pessoas estão envolvidas.

O crime ocorreu na rua Ouro e Prata. A PM foi avisada por uma testemunha que foi buscar ajuda no quartel do 17º Batalhão de Polícia Militar, comandando pelo tenente-coronel Aviz e vinculado ao CPR XIII, sob o comando do coronel Carmona. As equipes acionaram a PC e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192), mas os socorristas só puderam constatar o óbito de Marcos Vinícius.

A faca encontrada perto do corpo de Marcos Vinícius (Foto: Reprodução / Redes Sociais / WhatsApp Fato Regional)

Por ora, as motivações do crime não foram esclarecidas. Marcos, como informam fontes da PM, já era conhecido e suspeito de alguns crimes. No local onde o rapaz foi morto, foi encontrada uma faca que possivelmente foi usada no homicídio.

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso, podem ser encaminhadas ao Disque-Denúncia (181). Se a informação for mais urgente, o ideal é ligar para o 190. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Não é necessário se identificar.

(Victor Furtado, da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!