segunda-feira, 27 de maio de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

DESINFORMAÇÃO: vídeo mostra treinamento da Polícia Militar de Goiás e não confronto após assalto a banco

O vídeo que vem sendo compartilhado foi apenas um treinamento contra assaltos a banco estilo "Novo Cangaço" ou "Vapor". As munições e explosões era controladas para simular uma ocorrência desse tipo
O treinamento chamou bastante atenção em Chapadão do Céu, no estado de Goiás, mas não passou de um treinamento (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

Nos últimos dias, começou a circular em redes sociais — algumas no Sul do Pará — um vídeo acompanhado de legendas que davam a entender se tratar de um confronto entre a Polícia Militar de Goiás e assaltantes de banco. Isso porque as imagens mostram vários disparos de arma de fogo contra uma caminhonete em frente a uma agência bancária. Porém, trata-se apenas de um treinamento para atuação de policiais em casos de crimes do estilo “Novo Cangaço” ou “Vapor”.

O caso ocorreu em Chapadão do Céu (GO). Apesar de ampla circulação pelo Facebook, pelo Instagram e por grupos de WhatsApp com informações falsas, a própria Polícia Militar de Goiás já reforçou se tratar de um treinamento. Por sinal, o treinamento havia sido divulgado previamente pela prefeitura da cidade, pela Câmara Municipal, pelos órgãos de segurança e foi tema de matérias em jornais locais. Ainda assim, a desinformação foi o que ganhou as redes sociais.

Veja um exemplo de conteúdo enganoso:

Esse treinamento ocorreu no dia 12 de março (nem foi nos últimos dias, como apontam os textos enganosos) e contou com envolvimento da Polícia Civil, da Polícia Militar, da PRF, do Corpo de Bombeiros, do Instituto Geral de Perícias e também forças de segurança dos estados que fazem divisa, como Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. O mesmo conteúdo já foi desmentido por várias agências de checagem de fatos, como da Reuters.

O Fato Regional tem como compromisso o combate à desinformação.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!