sexta-feira, 1 de março de 2024

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

FALE COM FATO REGIONAL

Envie Notícias, Fotos e Sugestões

Em 2023, taxa média de desemprego do Brasil chega a 7,8%; é o menor índice desde 2014

Ao todo, o Brasil encerrou o ano de 2023 com 100,7 milhões de pessoas empregadas, um crescimento de 3,8% em comparação com o indicador de 2022
Em 2022, mesmo antes do início do novo governo, a recuperação do mercado de trabalho já estava ocorrendo, pois a taxa de desemprego pós-pandemia de covid-19 foi de 9,6% (Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

O Brasil fechou o ano de 2023 com taxa média de desemprego em 7,8%, como aponta a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), divulgada nesta quarta-feira (31) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Esse é o menor índice desde 2014, quando o índice de pessoas fora do mercado de trabalho foi de 7%.

O índice de desemprego, como aponta a PNAD do IBGE, já vinha apresentando queda, mesmo antes do novo governo de Lula (PT). Em 2022, a taxa média foi de 9,6%. A pesquisa pontua que o último ano do governo de Jair Bolsonaro (PL) teve recuperação do mercado de trabalho após os impactos da pandemia da covid-19

Com a nova taxa média de desemprego, o número de pessoas que fecharam o ano de 2023 desempregadas chegou a 8,5 milhões. Já o total de pessoas no mercado de trabalho chegou a 100,7 milhões em 2023, ou seja, crescimento de 3,8% em comparação com a população ocupada em 2022.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!