Fazenda do cantor Leonardo é palco de confronto cinematográfico entre policiais e traficantes

A ação foi frustrada quando funcionários da fazenda desconfiaram do pouso de emergência para abastecer a aeronave e chamaram ajuda. A PM e a PRF interceptaram um dos veículos usados pelo bando.
Foram apreendidos 420 kg de pasta base de cocaína, armas, rádios e uma antena. Dois suspeitos morreram. (Foto: PM-GO)

A fazenda Talismã, em Goiás, do cantor Leonardo, foi o cenário de um confronto que poderia ser considerado cena de um filme de ação, com investigação, perseguição, tiroteio, mortes e fuga. Um avião carregado com 420 quilos de pasta base de cocaína pousou na propriedade nesta sexta-feira (10). Era uma operação de tráfico de drogas, que quase poderia ter dado certo, se não fossem os funcionários do local terem desconfiado do “pouso de emergência” e pedirem ajuda. O sertanejo e a família não estavam.

Os criminosos fugiram rapidamente por terra e pelo ar quando perceberam que algo estava dando errado e os portões da fazenda estavam sendo fechados (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

 

O piloto da aeronave informou que precisou pousar de forma emergencial para abastecer. Só que perto da propriedade, na cidade de Jussara (GO), um grupo já aguardava a droga que estava sendo trazida da Bolívia e entrou na fazenda. A carga ilegal já estava sendo transportada para duas caminhonetes e um carro, enquanto os funcionários faziam ligações para relatar o fato inusitado. Possivelmente, 11 criminosos participaram da operação. De fato, havia um carro com combustível para o avião.

Tudo ocorreu rapidamente. Para evitar a saída das pessoas da propriedade, os funcionários fecharam os portões. Ao perceberam que algo estava saindo do controle, os criminosos deram início à fuga pelo ar e por terra. A inteligência da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal interceptaram um dos veículos na BR-070, que seria o que estava com as drogas. Na abordagem, segundo os policiais, os criminosos já começaram a atirar e houve retaliação. Um homem e uma mulher, ainda não identificados, morreram no local.

Nem o cantor e nem a família estavam na fazenda Talismã, em Goiás, no momento da ação (Foto: Reprodução / Redes Sociais)

 

Além dos 420 quilos de pasta base de cocaína e da caminhonete, ainda foram apreendidas duas armas de fogo, rádios comunicadores e uma antena de comunicação por satélite. As investigações seguem para rastrear o avião, os outros dois automóveis e demais 9 suspeitos de integrar a ação criminosa. Nenhum policial ou funcionário da fazenda se machucou.

(Da Redação do Fato Regional)


LEIA MAIS, NO FATO REGIONAL:

Siga o Fato Regional no Facebook e no Instagram!

Compartilhar essa matéria

Veja também

fechar